Tags:, , , ,

Um público mirim: a relação entre crianças e museus

- 9 de março de 2016

Encarado como sinônimo de antiquadas tradições, o museu vem se reinventando. Em grande parte, isso se deve a um público infantil que vive inventando arte

Gustavo Salgado | Foto destaque: Daniele Rodrigues

“Desculpe-me, mas seus filhos não fariam necessariamente melhor” é algo que profissionais do mundo da arte gostariam de responder a muitas pessoas céticas quanto à legitimidade artística de obras nem sempre facilmente aceitas. Há ainda quem desqualifique algumas manifestações de arte por considerá-las “infantis”. Professores, Críticos e Historiadores da Arte explicam que certas ingenuidades aparentes são fruto de muito esforço e dedicação, resultado de uma vida de trabalho. Mas, em um sistema no qual a arte é cada vez mais institucionalizada e intelectualizada, sobra algum espaço para o universo (de fato!) infantil?

Mesmo que passando ultimamente por transformações, pode-se considerar que a ideia de museu como o conhecemos hoje é uma invenção relativamente jovem, com aproximadamente trezentos anos de existência. Desde suas origens, instituições e espaços de exposição de arte são pensados e desenvolvidos basicamente para os adultos. Entretanto, nos últimos cinquenta anos, os museus e galerias têm se reinventado, e cada vez mais voltam a sua atenção para o público mais jovem, e inclusive, desenvolvendo um olhar especial para as crianças. Em relação ao mundo da arte, alguma coisa vem mudando no comportamento das próprias crianças e para com elas.

Obra do artista catalão Joan Miró, com seu traço onírico característico. Brincadeira de criança? / Joan Miró: "O sorriso das asas flamejantes". 1953. Óleo sobre tela, 33x46 cm. Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofía, Madrid }}

Reinventar a roda

Locais muitas vezes associados à poeira e encarados como sinônimos de desinteressantes mausoléus, os museus tentam atualizar seu diálogo com o público em geral, e o esforço pode ser extra em um mundo de aplicativos e jogos que seduzem e brilham nos olhos atentos das novas gerações.

Buscar informações acerca do Louvre e da Mona Lisa com um simples movimento do polegar de uma criança sobre um gadget na palma de sua mão é uma tarefa extremamente simples, para não dizer trivial. Portanto, não é de se espantar que os integrantes da geração Z (aqueles nascidos após 1995) vão bem informados às mostras de arte e ávidos por buscar conteúdos ainda mais novos.

“Claro que já conheci outros museus! Tem aquele da França, né, com aquela moça famosa… Ah, e tem também um museu com aquela obra, O Grito, que eu gosto muito”, respondeu Renata Ferreira, com toda a empolgação de seus 8 anos, quando um mediador cultural do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) perguntou às crianças presentes se alguém já havia visitado outros museus. Conversando com Renata, ela contou que nunca pisou os pés no chão dos museus que citou, mas afirmou com tranquilidade que já percorreu muitas galerias online, como a do Museu do Louvre, de Paris, ou do Modern Museum of Art, o MoMA de Nova York.

Desenho feito por Renata Ferreira em atividade educativa no MAM-BA. A jovem apresenta sua relação com a arte, a tecnologia e o museu.

Renata, espontaneamente, fala sobre museu de arte mais enquanto um conjunto de obras produzidas pelas pessoas, uma coleção de produções, do que apenas uma casinha com umas telas pomposamente penduradas nas paredes.

Sobre as obras do artista Rubem Valentim, parte do acervo permanente do MAM-BA, a garota explicou que para ela as peças pareciam na verdade peças de xadrez, pondo em xeque verdades construídas acerca de arte. Para finalizar a jogada, Renata confessou que nem sempre entende de fato algumas obras (diferente de muitos adultos que também não entendem, embora finjam bem), mas sentia alguma coisa perante àquelas produções, ainda que não pudesse explicar.

“As mostras de arte tem papel ativo no imaginário das crianças. Talvez o olhar das crianças possa transformar a mostra na medida em que ela interpreta de forma livre, sem pré-julgamentos, ao contrário de nós que já temos uma carga de conhecimento a cerca das obras. A criança tem um olhar mais puro”, avalia a artista visual e mediadora cultural Lili Souza.

Museu é o mundo

Localizado no bairro de São João do Cabrito, o Acervo da Laje é um espaço que a princípio foi desenvolvido para abrigar elementos da produção artística e cultural produzidos no cenário local do Subúrbio Ferroviário Soteropolitano. Atualmente recebe, aos poucos, obras artísticas vindas das mais variadas partes do Brasil. O Acervo é uma iniciativa do pedagogo e pesquisador cultural, José Eduardo Ferreira Santos. Em seu livro homônimo ao espaço, Acervo da Laje, o pesquisador aponta que projeto tem como proposta social a reconstrução do mosaico simbólico da periferia de Salvador, de maneira a restituir dignidade, cultura, acesso às obras de arte e à beleza.

“Posso dar exemplo do acervo porque ele fica na periferia e é sempre emocionante. Uma das meninas que mais passava o dia no Acervo tem um pai que bebe muito e ela encontrou no espaço uma válvula de escape. Ela nos acompanhava aonde quer que fôssemos, e quer trabalhar lá quando crescer”, relata Caroline Souza, estudante de Arquitetura e Urbanismo e mediadora cultural voluntária do Acervo da Laje. “Acredito que sempre deixei que elas interagissem com as obras, com o propósito de fazê-las entrar em contato com a arte para além da visão… Sentir o cheiro de uma escultura em madeira, ou o som das [bolas de] gudes de brincar, e elas nunca quebraram nada”.

Caroline explica que em um ambiente tão estigmatizado, “muitas vezes, para pessoas humildes, entrar num acervo de arte é difícil, porque é como se o lugar as excluísse, mas as crianças são mais corajosas. Uma coisa que aprendi com elas é que elas se jogam com menos amarras que os adultos. Isso é bom para o processo de descoberta e evolução”. Para Jonatas Lopes, pesquisador e parceiro de Caroline Souza na mediação do Acervo, o contato irrevogável que se tem com a arte quando muito jovem acaba tendo grande importância tanto na construção do repertório individual, como na maneira com a qual o sujeito se relacionará com outras pessoas mais adiante. “As experiências estéticas artísticas no começo da vida são fundamentais no desenvolvimento de cognições pessoais e habilidades sociais”, reforça.

Especial

Guerra da Água

No cerrado baiano, o agronegócio impacta a sobrevivência das comunidades tradicionais. A reportagem em áudio conta como a população de Correntina, no oeste da Bahia, tem sofrido ameaças e resistido à disputa por água em seu te Dê play e saiba mais sobre essa história. Material produzido a partir da proposta de pauta vencedora da […]

Leonardo Lima e Luísa Carvalho - 13 de dezembro de 2021

Editorial

Investigação participativa: reportagens que colocam o leitor no centro da história

Profa. Lívia Vieira As 13 reportagens multimídia feitas pela turma de Oficina de Jornalismo Digital em 2021.2 tiveram como base o conceito de investigação participativa. O termo, que em inglês é conhecido como engagement reporting, foi discutido em uma aula especial que tivemos com Giulia Afiune, editora de Audiências da Agência Pública. Na ocasião, Giulia […]

Profa. Lívia Vieira - 2 de dezembro de 2021


Racismo religioso

Salvador ainda é um ambiente inseguro para os praticantes de religiões afro

Dentro de casa ou no trabalho, praticantes de religiões de matrizes africanas relatam dificuldades na tentativa de exercer seu direito ao culto religioso. Expressões depreciativas, ataques a terreiros, xingamentos e até agressões. É assim que o racismo religioso se traveste de “opinião” em diversas partes do Brasil – incluindo Salvador, – uma das cidades mais […]

Josivan Vieira e Gabriele Santana - 1 de dezembro de 2021

Meio Ambiente

Salvador, primeira cidade planejada do Brasil, sofre com falta de infraestrutura

Habitantes de Salvador relatam problemas dos bairros onde vivem e denunciam falta de assistência do poder público. Os moradores de Salvador têm orgulho de dizer que vivem na primeira capital do Brasil. De propagandas até conversas em mesa de bar, soteropolitanos e pessoas que adotaram a cidade do axé e do dendê se gabam de […]

Brenda Roberta, Inara Almeida e Maysa Polcri - 1 de dezembro de 2021

Direito ao transporte

Assaltos a ônibus assustam população de Salvador

Cidadãos que dependem do transporte público relatam a experiência de insegurança cotidiana, embora Secretaria de Segurança Pública afirme que houve redução no número de assaltos a ônibus. Por Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar Oliveira Os assaltos a ônibus são uma constante e assustam a população de Salvador que depende do transporte público para seguir […]

Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar O. - 1 de dezembro de 2021

Direito à Cultura

Consumo de livros digitais aumenta e obras físicas têm baixa durante pandemia de Covid-19

Especialistas explicam que pandemia impulsionou mudança em formato de leitura. Por Adele Robichez, Felipe Aguiar, Nathália Amorim, Vinícius Harfush Um levantamento realizado pela reportagem em Salvador indicou que as pessoas passaram a consumir mais livros no formato digital durante a pandemia de covid-19. Segundo a pesquisa, que selecionou 68 moradores da capital para responder perguntas […]

Adele R, Felipe A, Nathália A, Vinícius H - 1 de dezembro de 2021

Economia criativa

Os desafios de viver de arte durante a pandemia

Assim como nós humanos, a economia foi imensamente impactada pelo distanciamento social, mas, felizmente, uma possível vacina para curar o problema já existe, e se chama criatividade. Não é exagero afirmar que nenhum brasileiro e nenhuma brasileira escapou ileso dos diversos e inesperados desafios vividos nos anos de 2020 e 2021. E eles têm um […]

Paulo Marques - 1 de dezembro de 2021

Direito à religião

Comunidades de matriz africana lutam por prática religiosa em espaços públicos de Salvador

Intervenções em locais comunitários preocupam terreiros que dependem da vegetação natural para exercer cultos Por Geovana Oliveira, Luana Lisboa, Victor Hugo Meneses e João Marcelo Bispo Até hoje, a vodunsi Mãe Cacau se emociona ao falar sobre o início das obras para a Estação Elevatória de Esgoto na Lagoa do Abaeté. Quando as máquinas chegaram […]

Geovana, Luana, Victor Hugo e João Marcelo - 1 de dezembro de 2021

Ordem de despejo

O caso da comunidade do Tororó, em Salvador, e a violação do direito à moradia

Moradores recebem ordem de despejo da localidade que está sendo especulada para construção de um estacionamento de um novo Shopping Center “Como os moradores são quase todos do mercado informal, a prefeitura ligava para eles e oferecia dinheiro. Como estavam todos sem dinheiro, começaram a negociar com a prefeitura. Nisso, com quem já tinha negociado, […]

Álene Rios, Júlia Lobo e Thainara Oliveira - 1 de dezembro de 2021

Cinema de rua

Histórias de quem viveu o cinema de rua de Salvador

Entenda o que aconteceu entre a época de ouro do cinema de rua e a expansão das grandes redes Tomar um café enquanto espera o horário do filme, entrar numa sala de cinema pequena, com menos de 100 lugares, para assistir a uma produção nacional. Esse ritual, muito comum até a década de 1990, é […]

Carol Cerqueira, Catarina Carvalho e Maria Andrade - 1 de dezembro de 2021

Direito à mobilidade

Pessoas com deficiência denunciam falta de acesso ao transporte de Salvador

Falta de fiscalização afeta funcionamento de elevadores em coletivos. Gabrielle Medrado, Gustavo Arcoverde, Marcela Villar e Rafaela Dultra Cadeirante desde 2014 após uma tentativa de assalto, o baiano Luan Veloso, 32, é paracanoísta profissional e terceiro colocado no ranking dos melhores do Brasil na maratona de sua categoria, a KL1, na qual atletas utilizam como […]

Gabrielle Medrado,Gustavo Arcoverde,Marcela Villar - 1 de dezembro de 2021

RAP em Salvador

O ritmo não para: batalhas de rima movimentam a cultura nas comunidades

Batalhas de rap voltam a acontecer em Salvador após suspensão causada pela pandemia de Covid-19 Após quase um ano e meio da pandemia de Covid-19, o setor artístico e cultural soteropolitano começou a tomar fôlego com a última fase de retomada das atividades econômicas, decretada pela prefeitura da capital baiana no dia 9 de julho […]

Danielle Campos, Kamille Martinho, Renata Falcone - 1 de dezembro de 2021

Direito à Segurânça

Não vá que é barril: A violência contra motoristas de aplicativo em Salvador

“Foi quando ele pegou a arma e apontou na minha cara, aí foi complicado”. Estamos na rua Candinho Fernandes, Fazenda Grande do Retiro, Salvador. São 8h30 da noite do dia 23 de dezembro de 2019, perto da véspera de Natal. Anselmo Cerqueira, que é motorista por aplicativo, está com o carro estacionado. Dois homens se […]

Adriano Motta, Lula Bonfim e Victor Lucca Ferreira - 1 de dezembro de 2021

Gerar problemas não é saudável

Consumidores relatam transtornos e dificuldades com planos de saúde

Mensalidades  subiram  quase 50% este ano, conforme aponta um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) Por Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama No dia 25 de Março, Maria*, grávida de cinco meses, precisou ser encaminhada às pressas para o Hospital Santo Amaro. Ao chegar lá, precisou realizar uma cesária de […]

Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama - 1 de dezembro de 2021