Tags:, , , ,

Smart Idosos: acesso à internet tem aumentado na terceira idade

Cristiana Fernandes e Gabriela Ferreira - 26 de junho de 2018

A população idosa está cada vez mais conectada. Pesquisa DataFolha divulgada em matéria da Folha de S. Paulo indica o aumento do acesso à tecnologia e à internet na terceira idade. Porém tal aumento reflete apenas a realidade de uma parcela dessa população, segundo a  geriatra e professora da faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Dra. Christiane Machado.

“Isso se aplica aos idosos que estão envelhecendo bem, ou seja, dentro do universo das pessoas que têm um envelhecimento bem-sucedido”, explica. “A população idosa é a mais heterogênea que existe. Então, a imagem do idoso saudável e capaz é real, mas é real também a imagem do idoso dependente, doente, que tem dificuldade e que possui limitações muito significativas”, conclui.

A pesquisa aponta também que, entre os brasileiros com mais de 60 anos, 32% possuem conta em alguma rede social. Em relação ao nível de escolaridade dessas pessoas, 71% dos idosos que têm ensino superior possuem conta em rede social.

A médica avalia o contato com as tecnologias e as mídias digitais como uma prática desafiadora para a terceira idade. Não só pelas dificuldades de enxergar, ouvir ou de coordenação motora, mas também pelos problemas cognitivos de compreensão, que prevalecem durante a velhice.

Embora não faça recomendação para que essas mídias sejam incorporadas no dia a dia dos seus pacientes, do ponto de vista de saúde, a especialista diz não ser comprovado que o contato com tecnologias tem algum efeito terapêutico propriamente dito, porém tem observado mudanças nos idosos que atende e faz suas ressalvas.

“A grande vantagem é encurtar um pouco a distância. Corremos o mesmo risco de acontecer o que ocorre entre os mais novos. Aproximar os mais distantes e distanciar as pessoas mais próximas. Não estamos longe da cena na qual todo mundo estará com o smartphone na mão, inclusive o idoso do grupo”, finaliza.

 

Oficina 

Com intuito de aproximar cada vez mais o público da rádio Excelsior das formas de interação adotadas pela rádio, o Programa Saúde no Ar promoveu a primeira oficina de iniciação digital para a terceira idade, com o aplicativo WhatsApp. A oficina é parte do projeto Conexão não tem idade e aconteceu no dia 09 de junho, em Salvador.

Segundo a apresentadora do programa Saúde no Ar e idealizadora do projeto, Patrícia Tosta, 46, a oficina parte da necessidade de fazer um “casamento das mídias, das linguagens de comunicação” e aproximar a sua audiência – na maioria mulheres acima de 40 anos –  das discussões sobre saúde que são propostas pelo programa.

Para Patrícia o mundo da tecnologia mudou. “O rádio não é só aquele de pilha, ele foi para o celular também. O locutor que antes dava bom dia, agora pede que envie uma mensagem. Não só pelo telefone, carta ou e-mail, depois da internet, veio o WhatsApp”, exemplifica Patrícia.

Aos 72 anos a professora Iraildes Rodrigues, que participou da oficina, conta que o seu primeiro contato com a informática veio quando já estava para se aposentar. “Quando eu me aposentei foi quando chegou essa parte de informática e eu não aprendi muita coisa. Tomei uns cursinhos rápidos, mas não tinha tempo de treinar”, diz.

Iraildes Rodrigues, 72, utilizando o smartphone minutos antes de iniciar a oficina de whatsapp. Foto: Gabriela Ferreira

Apesar de utilizar rotineiramente o smartphone, sobretudo para conversar no WhatsApp, a aposentada se inscreveu no curso com o intuito de conhecer melhor as funcionalidades do aplicativo, pois ainda não domina. “Já sei digitar e conversar com as pessoas por áudio”, conta Iraildes, que completa: “eu quero aprender a baixar aplicativos, eu não sei chamar um Uber. O pouco que eu aprendi foi com meu filho, mas foi muito pouco”, avalia a aposentada.

 

Opinião dividida

Aposentada da área de saúde. Mãe de cinco filhos. Avó de onze netos e ainda tem uma bisneta para aumentar a conta. Logo quando se aposentou, Nicia Maria Miranda, 76 anos, lembra que a sua rotina era basicamente com as obrigações da casa, saídas para o shopping e para visitar algum filho. Mas, com a chegada do smartphone, a sua rotina mudou consideravelmente.

“Com a vinda do smartphone e dos jogos, eu comecei a ficar viciada e não tenho tempo mais para nada”, explica dona Nicia. “Só saio quando não tem jeito mesmo. Para ir ao médico, mercado ou as obrigações que tenho que fazer. O resto do tempo é jogando. Paro, assisto a novela, volto para o jogo, durmo, já acordo no jogo e é direto assim”, conta, em resumo a sua nova rotina.

Uma das netas da aposentada, a estudante de direito Thais Martins, 24, conta que a avó sempre foi antenada nas novas tecnologias. “Ela teve Orkut, migrou para o Facebook, e, por último, para o WhatsApp. Ainda falta o Instagram”.

Para a jovem, o uso do aplicativo de mensagens instantâneas e chamadas de voz melhorou a relação de dona Nicia com a família. “Ela fica mais próxima da gente, tem mais conversa, compartilha com a família os momentos dela: ‘Olha eu na fisioterapia’ e manda foto, passa aquelas correntes no grupo, acho muito divertido”, completa Thais.

“Eu não achei muito difícil não. Aos poucos fui pegando orientação com os netos, os filhos, e fui usando. Hoje eu uso normalmente. Não sou expert, mas dá para o uso”, brinca.

Há também quem não goste. É o caso da aposentada Terezinha Nascimento, 77, que ganhou um smartphone de um dos filhos e não vê a necessidade de utilizá-lo. “Eu não vejo vantagem de ficar toda hora em telefone esperando mensagem, quero um telefone para eu ligar, receber ligação e pronto, para mim é o suficiente”, ressalta.

“Eu me acomodei, se eu não estou mais trabalhando fora, nem em outra cidade, não vejo necessidade de mudar tão rápido assim. Vou ver se algum dia eu acostumo com a ideia, por enquanto não”, sustenta a aposentada que, quando os netos fazem cobrança, já tem a resposta na ponta da língua: “Ah, não sabe o número do meu telefone fixo? Ligue!”.

 

 

 

 

 

Especial

Guerra da Água

No cerrado baiano, o agronegócio impacta a sobrevivência das comunidades tradicionais. A reportagem em áudio conta como a população de Correntina, no oeste da Bahia, tem sofrido ameaças e resistido à disputa por água em seu te Dê play e saiba mais sobre essa história. Material produzido a partir da proposta de pauta vencedora da […]

Leonardo Lima e Luísa Carvalho - 13 de dezembro de 2021

Editorial

Investigação participativa: reportagens que colocam o leitor no centro da história

Profa. Lívia Vieira As 13 reportagens multimídia feitas pela turma de Oficina de Jornalismo Digital em 2021.2 tiveram como base o conceito de investigação participativa. O termo, que em inglês é conhecido como engagement reporting, foi discutido em uma aula especial que tivemos com Giulia Afiune, editora de Audiências da Agência Pública. Na ocasião, Giulia […]

Profa. Lívia Vieira - 2 de dezembro de 2021


Racismo religioso

Salvador ainda é um ambiente inseguro para os praticantes de religiões afro

Dentro de casa ou no trabalho, praticantes de religiões de matrizes africanas relatam dificuldades na tentativa de exercer seu direito ao culto religioso. Expressões depreciativas, ataques a terreiros, xingamentos e até agressões. É assim que o racismo religioso se traveste de “opinião” em diversas partes do Brasil – incluindo Salvador, – uma das cidades mais […]

Josivan Vieira e Gabriele Santana - 1 de dezembro de 2021

Meio Ambiente

Salvador, primeira cidade planejada do Brasil, sofre com falta de infraestrutura

Habitantes de Salvador relatam problemas dos bairros onde vivem e denunciam falta de assistência do poder público. Os moradores de Salvador têm orgulho de dizer que vivem na primeira capital do Brasil. De propagandas até conversas em mesa de bar, soteropolitanos e pessoas que adotaram a cidade do axé e do dendê se gabam de […]

Brenda Roberta, Inara Almeida e Maysa Polcri - 1 de dezembro de 2021

Direito ao transporte

Assaltos a ônibus assustam população de Salvador

Cidadãos que dependem do transporte público relatam a experiência de insegurança cotidiana, embora Secretaria de Segurança Pública afirme que houve redução no número de assaltos a ônibus. Por Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar Oliveira Os assaltos a ônibus são uma constante e assustam a população de Salvador que depende do transporte público para seguir […]

Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar O. - 1 de dezembro de 2021

Direito à Cultura

Consumo de livros digitais aumenta e obras físicas têm baixa durante pandemia de Covid-19

Especialistas explicam que pandemia impulsionou mudança em formato de leitura. Por Adele Robichez, Felipe Aguiar, Nathália Amorim, Vinícius Harfush Um levantamento realizado pela reportagem em Salvador indicou que as pessoas passaram a consumir mais livros no formato digital durante a pandemia de covid-19. Segundo a pesquisa, que selecionou 68 moradores da capital para responder perguntas […]

Adele R, Felipe A, Nathália A, Vinícius H - 1 de dezembro de 2021

Economia criativa

Os desafios de viver de arte durante a pandemia

Assim como nós humanos, a economia foi imensamente impactada pelo distanciamento social, mas, felizmente, uma possível vacina para curar o problema já existe, e se chama criatividade. Não é exagero afirmar que nenhum brasileiro e nenhuma brasileira escapou ileso dos diversos e inesperados desafios vividos nos anos de 2020 e 2021. E eles têm um […]

Paulo Marques - 1 de dezembro de 2021

Direito à religião

Comunidades de matriz africana lutam por prática religiosa em espaços públicos de Salvador

Intervenções em locais comunitários preocupam terreiros que dependem da vegetação natural para exercer cultos Por Geovana Oliveira, Luana Lisboa, Victor Hugo Meneses e João Marcelo Bispo Até hoje, a vodunsi Mãe Cacau se emociona ao falar sobre o início das obras para a Estação Elevatória de Esgoto na Lagoa do Abaeté. Quando as máquinas chegaram […]

Geovana, Luana, Victor Hugo e João Marcelo - 1 de dezembro de 2021

Ordem de despejo

O caso da comunidade do Tororó, em Salvador, e a violação do direito à moradia

Moradores recebem ordem de despejo da localidade que está sendo especulada para construção de um estacionamento de um novo Shopping Center “Como os moradores são quase todos do mercado informal, a prefeitura ligava para eles e oferecia dinheiro. Como estavam todos sem dinheiro, começaram a negociar com a prefeitura. Nisso, com quem já tinha negociado, […]

Álene Rios, Júlia Lobo e Thainara Oliveira - 1 de dezembro de 2021

Cinema de rua

Histórias de quem viveu o cinema de rua de Salvador

Entenda o que aconteceu entre a época de ouro do cinema de rua e a expansão das grandes redes Tomar um café enquanto espera o horário do filme, entrar numa sala de cinema pequena, com menos de 100 lugares, para assistir a uma produção nacional. Esse ritual, muito comum até a década de 1990, é […]

Carol Cerqueira, Catarina Carvalho e Maria Andrade - 1 de dezembro de 2021

Direito à mobilidade

Pessoas com deficiência denunciam falta de acesso ao transporte de Salvador

Falta de fiscalização afeta funcionamento de elevadores em coletivos. Gabrielle Medrado, Gustavo Arcoverde, Marcela Villar e Rafaela Dultra Cadeirante desde 2014 após uma tentativa de assalto, o baiano Luan Veloso, 32, é paracanoísta profissional e terceiro colocado no ranking dos melhores do Brasil na maratona de sua categoria, a KL1, na qual atletas utilizam como […]

Gabrielle Medrado,Gustavo Arcoverde,Marcela Villar - 1 de dezembro de 2021

RAP em Salvador

O ritmo não para: batalhas de rima movimentam a cultura nas comunidades

Batalhas de rap voltam a acontecer em Salvador após suspensão causada pela pandemia de Covid-19 Após quase um ano e meio da pandemia de Covid-19, o setor artístico e cultural soteropolitano começou a tomar fôlego com a última fase de retomada das atividades econômicas, decretada pela prefeitura da capital baiana no dia 9 de julho […]

Danielle Campos, Kamille Martinho, Renata Falcone - 1 de dezembro de 2021

Direito à Segurânça

Não vá que é barril: A violência contra motoristas de aplicativo em Salvador

“Foi quando ele pegou a arma e apontou na minha cara, aí foi complicado”. Estamos na rua Candinho Fernandes, Fazenda Grande do Retiro, Salvador. São 8h30 da noite do dia 23 de dezembro de 2019, perto da véspera de Natal. Anselmo Cerqueira, que é motorista por aplicativo, está com o carro estacionado. Dois homens se […]

Adriano Motta, Lula Bonfim e Victor Lucca Ferreira - 1 de dezembro de 2021

Gerar problemas não é saudável

Consumidores relatam transtornos e dificuldades com planos de saúde

Mensalidades  subiram  quase 50% este ano, conforme aponta um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) Por Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama No dia 25 de Março, Maria*, grávida de cinco meses, precisou ser encaminhada às pressas para o Hospital Santo Amaro. Ao chegar lá, precisou realizar uma cesária de […]

Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama - 1 de dezembro de 2021