Tags:, , , ,

Sarau da Onça: A voz da periferia

Thailine Montalvão, Rebeca Almeida e Gabriel Ferre - 7 de novembro de 2018

Ressignificação é a palavra chave. Ela define a proposta do Sarau da Onça, grupo que se originou no bairro de Sussuarana, em 2011, com o objetivo de fortalecer uma nova imagem para os bairros periféricos de Salvador, unindo jovens de comunidades marginalizadas em torno da poesia, da música e da vontade de lançar novos olhares sobre as localidades.

“Nossa proposta é fazer com que a periferia desenvolva e consuma sua própria arte”, 

Resume Maiara Silva, membro do coletivo há cerca de um ano. 
Não há cobrança de ingresso para quem quer curtir a música e poesia do Sarau da Onça (Reprodução/Facebook)

O Sarau se tornou ponto de encontro de muitas atividades. Além das leituras poéticas e apresentações musicais, há também a produção de rodas de conversas com temáticas relevantes para as minorias, especialmente para a comunidade negra, e parcerias com outras ações e realizadores culturais da região e de outras localidades da cidade, ocupando um lugar especial na vida da juventude.

Os encontros do Sarau acontecem de forma quinzenal aos sábados. São realizados no Anfiteatro Abdias do Nascimento, localizado na Rua Albino Fernandes, nas dependências do Centro de Pastoral Afro (CENPAH), no bairro de Novo Horizonte.

“Somos jovens moradores daqui, sabemos como tudo funciona.  Um dos objetivos do Sarau é fazer com que a comunidade entenda que a Sussuarana é um local positivo, trazendo a boa visibilidade para o bairro, promovendo nelas o orgulho, a partir daí elas divulgam, participam”.

Explica Sandro Sussuarana, um dos idealizadores do Sarau.
https://www.youtube.com/watch?v=Fqsv-4BhfI8&t=4s
Sandro Sussuarana mandando um recado à todas as periferias.

Concurso Literário Sarau da Onça

Na sua terceira edição, o Concurso Literário Sarau da Onça selecionou poemas e contos de cinquenta autores Soteropolitanos. Os vencedores terão seus textos publicados em um livro, com lançamento previsto para dezembro de 2018, sem custo para os participantes, que vão receber cinco exemplares cada um, a título de direitos autorais.

O III Concurso Literário Sarau da Onça integra o III Festival de Arte e Cultura, realizado durante todo o mês de Novembro, com oficinas de teatro, dança, Hip Hop e criação literária, e é contemplado pelo edital Arte Todo Dia – Ano IV, da Fundação Gregório De Mattos, Prefeitura de Salvador.

Os exemplares da primeira antologia se esgotaram em poucos mais de 3 meses de lançado, passando por locais como 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, I FLICH (Festa Literária da Chapada Diamantina – Lençóis-Ba), Centro Cultural da Penha (SP), Sarau da Cooperifa (SP), Encontro Nacional dos APN’s (MG), entre outros locais, além de ser exportado para países como Gana, Luanda, Moçambique, Espanha e Estados Unidos” .

Conta Sandro Sussuarana
2° Antologia Poética, resultado do II Concurso Literário Sarau da Onça (Reprodução/Facebook)

Slam da Onça

Nas periferias de Salvador, as batalhas de poesia são momentos de criação e resistência cultural e política. A potencialidade desses espaços está no diálogo entre as diferenças, na troca de conhecimentos, na irreverência e na livre expressão de cada participante.

“A intenção principal é de dar voz para pessoas que têm o fôlego sufocado pela sociedade”

Diz Joyce Mello, participante do Slam da Onça
Fase de batalhas do Slam da Onça (Reprodução/Facebook)

O Slam da Onça é o grande destaque dentre as produções do grupo. Na competição de poesias, cada poeta deve recitar poesias autorais em três fases da competição. O vencedor leva para casa um prêmio que varia a cada edição do evento. Maiara Silva, integrante do coletivo, explica que o principal objetivo do projeto é reforçar o senso crítico.

“O principal objetivo do projeto é despertar o senso crítico das pessoas e fortalecer essa forma de arte que chamamos de Literatura Marginal”

Ela explica que o uso do termo marginal remete à produção literária da parcela da sociedade que sempre foi marginalizada socialmente. Sobretudo negros e pobres. O conceito remete ao processo de marginalização do indivíduo não à palavra comumente usada como sinônimo de “ladrão”.

A poesia marginal nas escolas

Ao transformar a realidade das periferias em poesia, e apresentá-lá na sala de aula, o Sarau desperta nos alunos o interesse pela leitura. Seja pela inovação – muitos não possuem acesso a literatura e a poesia de forma viva, oral e performática -, seja pelos temas abordados – o cotidiano das periferias, racismo e violência -, a proposta provoca um grande impacto, instigando a vontade e a curiosidade dos estudantes em participar e conhecer o mundo da poesia.

Todo ano, em outubro, o Colégio Estadual Filadélfia, Vila Canária, desenvolve a Semana de Arte Literária do Filadélfia, um trabalho interdisciplinar onde os estudantes elaboram atividades voltadas para a Literatura e Artes Plásticas. Na edição deste ano, o Sarau da Onça participou mais uma vez das atividades da instituição, elaborando recitais de poesia nas salas de aula. A segunda participação do grupo aconteceu por conta de uma demanda dos estudantes da instituição.

  • Semana de Arte Literária do Filadélfia: Um abraço negro - Literatura, Arte e Periferia

Para Maiara, o convite “foi uma oportunidade do coletivo expandir áreas de atuação”, uma vez que a Vila Canária ainda não tem grupos fortes de poesia marginal.

Para o estudante Daniel Fabrice Oliceira, 11 anos, a poesia ajuda a pensar as diferentes realidades sociais e traçar paralelos com o cotidiano. “Eu ouvi uma poesia que citava a cor da tia Anastácia, do Sítio do Pica-pau Amarelo e logo lembrei do desenho que eu assisto”, conta. Foi a partir dessa associação que o garoto percebeu a carência de personagens negros nos desenhos animados.

https://youtu.be/bI5Z5vj2qNQ
Maiara Silva faz apresentação durante a Semana de Arte Literária do Filadélfia (Vídeo: Rebeca Almeida)

É fundamental o papel da escola na disseminação dos slams e saraus, por meio deles os alunos expressam seus modos de existir e suas reivindicações por uma cultura jovem, popular, negra e pobre, de moradores da periferia. Ao recriarem a cultura oficialmente escolar, esses alunos se tornam agentes de letramentos de reexistência, e a poesia, dessa maneira, se torna porta-voz, pelas quais demonstram sua revolta, sua identidade e resistência.

Mais informações:

Sarau da Onça
Onde: Espaço CENPAH – Centro de Pastoral Afro – Rua Albino Fernandes, 59–C – Novo Horizonte – Sussuarana, Salvador-BA.
Quanto: Entrada Gratuita
Contatos: (71) 993315781 / 987464521 / saraudaonca@gmail.com

Especial

Guerra da Água

No cerrado baiano, o agronegócio impacta a sobrevivência das comunidades tradicionais. A reportagem em áudio conta como a população de Correntina, no oeste da Bahia, tem sofrido ameaças e resistido à disputa por água em seu te Dê play e saiba mais sobre essa história. Material produzido a partir da proposta de pauta vencedora da […]

Leonardo Lima e Luísa Carvalho - 13 de dezembro de 2021

Editorial

Investigação participativa: reportagens que colocam o leitor no centro da história

Profa. Lívia Vieira As 13 reportagens multimídia feitas pela turma de Oficina de Jornalismo Digital em 2021.2 tiveram como base o conceito de investigação participativa. O termo, que em inglês é conhecido como engagement reporting, foi discutido em uma aula especial que tivemos com Giulia Afiune, editora de Audiências da Agência Pública. Na ocasião, Giulia […]

Profa. Lívia Vieira - 2 de dezembro de 2021


Racismo religioso

Salvador ainda é um ambiente inseguro para os praticantes de religiões afro

Dentro de casa ou no trabalho, praticantes de religiões de matrizes africanas relatam dificuldades na tentativa de exercer seu direito ao culto religioso. Expressões depreciativas, ataques a terreiros, xingamentos e até agressões. É assim que o racismo religioso se traveste de “opinião” em diversas partes do Brasil – incluindo Salvador, – uma das cidades mais […]

Josivan Vieira e Gabriele Santana - 1 de dezembro de 2021

Meio Ambiente

Salvador, primeira cidade planejada do Brasil, sofre com falta de infraestrutura

Habitantes de Salvador relatam problemas dos bairros onde vivem e denunciam falta de assistência do poder público. Os moradores de Salvador têm orgulho de dizer que vivem na primeira capital do Brasil. De propagandas até conversas em mesa de bar, soteropolitanos e pessoas que adotaram a cidade do axé e do dendê se gabam de […]

Brenda Roberta, Inara Almeida e Maysa Polcri - 1 de dezembro de 2021

Direito ao transporte

Assaltos a ônibus assustam população de Salvador

Cidadãos que dependem do transporte público relatam a experiência de insegurança cotidiana, embora Secretaria de Segurança Pública afirme que houve redução no número de assaltos a ônibus. Por Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar Oliveira Os assaltos a ônibus são uma constante e assustam a população de Salvador que depende do transporte público para seguir […]

Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar O. - 1 de dezembro de 2021

Direito à Cultura

Consumo de livros digitais aumenta e obras físicas têm baixa durante pandemia de Covid-19

Especialistas explicam que pandemia impulsionou mudança em formato de leitura. Por Adele Robichez, Felipe Aguiar, Nathália Amorim, Vinícius Harfush Um levantamento realizado pela reportagem em Salvador indicou que as pessoas passaram a consumir mais livros no formato digital durante a pandemia de covid-19. Segundo a pesquisa, que selecionou 68 moradores da capital para responder perguntas […]

Adele R, Felipe A, Nathália A, Vinícius H - 1 de dezembro de 2021

Economia criativa

Os desafios de viver de arte durante a pandemia

Assim como nós humanos, a economia foi imensamente impactada pelo distanciamento social, mas, felizmente, uma possível vacina para curar o problema já existe, e se chama criatividade. Não é exagero afirmar que nenhum brasileiro e nenhuma brasileira escapou ileso dos diversos e inesperados desafios vividos nos anos de 2020 e 2021. E eles têm um […]

Paulo Marques - 1 de dezembro de 2021

Direito à religião

Comunidades de matriz africana lutam por prática religiosa em espaços públicos de Salvador

Intervenções em locais comunitários preocupam terreiros que dependem da vegetação natural para exercer cultos Por Geovana Oliveira, Luana Lisboa, Victor Hugo Meneses e João Marcelo Bispo Até hoje, a vodunsi Mãe Cacau se emociona ao falar sobre o início das obras para a Estação Elevatória de Esgoto na Lagoa do Abaeté. Quando as máquinas chegaram […]

Geovana, Luana, Victor Hugo e João Marcelo - 1 de dezembro de 2021

Ordem de despejo

O caso da comunidade do Tororó, em Salvador, e a violação do direito à moradia

Moradores recebem ordem de despejo da localidade que está sendo especulada para construção de um estacionamento de um novo Shopping Center “Como os moradores são quase todos do mercado informal, a prefeitura ligava para eles e oferecia dinheiro. Como estavam todos sem dinheiro, começaram a negociar com a prefeitura. Nisso, com quem já tinha negociado, […]

Álene Rios, Júlia Lobo e Thainara Oliveira - 1 de dezembro de 2021

Cinema de rua

Histórias de quem viveu o cinema de rua de Salvador

Entenda o que aconteceu entre a época de ouro do cinema de rua e a expansão das grandes redes Tomar um café enquanto espera o horário do filme, entrar numa sala de cinema pequena, com menos de 100 lugares, para assistir a uma produção nacional. Esse ritual, muito comum até a década de 1990, é […]

Carol Cerqueira, Catarina Carvalho e Maria Andrade - 1 de dezembro de 2021

Direito à mobilidade

Pessoas com deficiência denunciam falta de acesso ao transporte de Salvador

Falta de fiscalização afeta funcionamento de elevadores em coletivos. Gabrielle Medrado, Gustavo Arcoverde, Marcela Villar e Rafaela Dultra Cadeirante desde 2014 após uma tentativa de assalto, o baiano Luan Veloso, 32, é paracanoísta profissional e terceiro colocado no ranking dos melhores do Brasil na maratona de sua categoria, a KL1, na qual atletas utilizam como […]

Gabrielle Medrado,Gustavo Arcoverde,Marcela Villar - 1 de dezembro de 2021

RAP em Salvador

O ritmo não para: batalhas de rima movimentam a cultura nas comunidades

Batalhas de rap voltam a acontecer em Salvador após suspensão causada pela pandemia de Covid-19 Após quase um ano e meio da pandemia de Covid-19, o setor artístico e cultural soteropolitano começou a tomar fôlego com a última fase de retomada das atividades econômicas, decretada pela prefeitura da capital baiana no dia 9 de julho […]

Danielle Campos, Kamille Martinho, Renata Falcone - 1 de dezembro de 2021

Direito à Segurânça

Não vá que é barril: A violência contra motoristas de aplicativo em Salvador

“Foi quando ele pegou a arma e apontou na minha cara, aí foi complicado”. Estamos na rua Candinho Fernandes, Fazenda Grande do Retiro, Salvador. São 8h30 da noite do dia 23 de dezembro de 2019, perto da véspera de Natal. Anselmo Cerqueira, que é motorista por aplicativo, está com o carro estacionado. Dois homens se […]

Adriano Motta, Lula Bonfim e Victor Lucca Ferreira - 1 de dezembro de 2021

Gerar problemas não é saudável

Consumidores relatam transtornos e dificuldades com planos de saúde

Mensalidades  subiram  quase 50% este ano, conforme aponta um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) Por Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama No dia 25 de Março, Maria*, grávida de cinco meses, precisou ser encaminhada às pressas para o Hospital Santo Amaro. Ao chegar lá, precisou realizar uma cesária de […]

Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama - 1 de dezembro de 2021