Tags:, , , , ,

Religião, legislação e direito ao corpo

- 17 de novembro de 2014

Doutrinas religiosas interferem no direito dos seguidores e até na legislação de alguns países

Gabriel Rodrigues e Mário Pinho

As crenças religiosas são um exemplo importante de grupos que defendem restrições do direito ao corpo. Os indivíduos que seguem determinadas doutrinas precisam se adaptar a costumes restritos, geralmente relacionados a vestimentas e a questões sexuais.

Heider Mota, de 18 anos, é cristão protestante desde o berço. O jovem diz que já passou por algumas igrejas e viveu experiências diferentes quanto às exigências. “Havia uma que meus pais já frequentavam antes mesmo de eu nascer que exigia, antes de mais nada, que os homens não usassem bermudas e mulheres roupas curtas. Hoje frequentamos uma bem mais tranquila. O pastor, inclusive, surfa, joga videogame e faz piada durante o culto. Tem até festa a fantasia”, conta.

cristianismo, religião com maior número de adeptos no ocidente, traz consigo uma série de restrições. O sexo antes do casamento e o uso de drogas, lícitas e ilícitas, são exemplos. Questionado se os dogmas pesam na relação entre crente e crença, Heider encara com tranquilidade. “Tem que ter cabeça para filtrar o que é dito antes de seguir. Fazer sua própria interpretação do que está escrito”, afirma.

Espírita e seguidora da entidade Hindu Krishna (ISKCON), Marialda Fonseca defende que o corpo reproduz uma crença, segundo a visão evangelista. “Para a religião, o corpo é o templo do indivíduo. A religião vê o corpo como uma forma de expressão ao evangelho – contrária ou não. No caso da dança, do sexo, das expressões. Como diz o espiritismo, se você não cuida do corpo você não tem lugar para o espírito”, explica.

Reunião de seguidores de Krishna em Salvador. Foto: Arquivo pessoal

Religião e ciência – Para algumas doutrinas o culto ao corpo vai além de vestimentas e características físicas. É o caso dos Testemunhas de Jeová. Presente em mais de 200 países, o grupo tem como uma das marcas a proibição de transfusão sanguínea. Integrante do movimento, a dona de casa Lúcia de Araújo explica que existem outros métodos de cirurgias e tratamentos sem o uso de sangue. “Seguimos os ensinamentos da bíblia e nela Deus diz que não devemos comer o sangue, mas apenas a alma”, revela.

Apesar da proibição religiosa, a legislação brasileira permite que os médicos realizem transfusões sanguínea em qualquer paciente em caso de iminência de morte, independente da ideologia.

Música, Salvador

Segue o Som: Quais são os desafios de fazer música em Salvador?

Em dezembro de 2015, Salvador foi eleita pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) como Cidade da Música. Esse reconhecimento potencializa a diversidade da cena musical soteropolitana e indica possibilidades de crescimento. Para Ricardo Rosa, produtor cultural e diretor da Ruffo Marketing, Cultura e Arte, “a gente talvez […]

Luana Lima, Marina Matos - 13 de junho de 2018

Mobilidade Urbana

BRT, uma via de mão dupla

A obra do BRT (Bus Rapid Transit) em Salvador, comandada pela Prefeitura em parceria com a empresa licenciada Camargo Correa, tem gerado uma série de polêmicas e sido alvo de críticas por uma parcela da população. Estão em pauta questões ambientais, técnicas e urbanísticas e o movimento oposicionista é heterogêneo, dele fazem parte entidades como […]

Greice Mara, Rafaela Rey e Vitória Croda - 13 de junho de 2018

Salvador

O direito de ser enterrado

Quando o auxiliar de serviços gerais Anderson Souza, 36 anos, recebeu uma previsão de até seis dias para enterrar o pai, que morreu após um ataque cardíaco, se questionou como faria para que não deixasse o corpo de Nilton Souza, 71 anos, apodrecer. Resposta essa que não lhe foi dada pela Central de Marcação para […]

Fernando Valverde - 11 de junho de 2018

Empreendedorismo na Bahia

Empreendedorismo baiano: Yes, nós temos tecnologia

Em sua segunda edição na Bahia, que aconteceu entre os dias 17 e 20 de maio, a Campus Party (CPBA) reuniu, além de palestrantes, cientistas e apaixonados por jogos e inovações, uma série de pessoas que resolveram empreender e mostrar seus projetos no espaço Startups & Creators. O espaço possibilitou que vários empreendedores apresentassem ao […]

Rafaela Souza, Victor Fonseca - 11 de junho de 2018