Tags:, , , ,

Prazer ao extremo: vício em adrenalina

- 22 de outubro de 2014

Produzido pelo corpo em momentos de estresse ou grandes esforços, hormônio pode causar dependência

Gabriel Rodrigues

C9H13NO3. Poucas pessoas devem conhecer esta fórmula química, mas com certeza já ouviram falar da adrenalina. Biologicamente, a adrenalina é um hormônio natural produzido pelo corpo e é liberado em momentos de estresse ou grandes esforços físicos. Ela aumenta os batimentos cardíacos e garante mais sangue aos membros para reagir a diversas situações, além de provocar sensação de prazer, em conjunto com a endorfina.

Essa sensação faz com que muitas pessoas acabem se tornando dependentes da adrenalina. Segundo a psicóloga Maria Luiza Curti, uma das principais características dos viciados é o excesso de repetições, o que leva a um prazer momentâneo.

Viciado em adrenalina declarado, o gerente comercial Ricardo Serravalle encontrou no esporte a forma para se sentir bem. Praticante de iron man, atividade que consiste na realização de 42 km de corrida, 3 mil e 800 metros de natação e 180 km de pedalada, Ricardo tem a prática esportiva como um modo de vida. “Quando eu pratico esporte, eu medito. Eu foco em alguma coisa e não penso mais em nada”, explica.

Ricardo realizou a travessia Mar Grande - Salvador em quatro oportunidades. Foto: Arquivo Pessoal

Aos 38 anos, o baiano começou a praticar artes marciais com apenas 11 anos e não parou mais. Campeão baiano, brasileiro e sul-americano de kickerbox, Ricardo superou três acidentes cardiovasculares que sofreu em 2008 antes de realizar a travessia Mar Grande-Salvador em quatro oportunidades. Agora ele se prepara para nadar 70 km, do Porto da Barra até a ilha de Morro de São Paulo. A ideia é fazer o percurso em 20 horas, e a preparação inclui treinamento diário de oito quilômetros de nado.

“Somos capazes de qualquer coisa quando queremos e nos dedicamos, temos uma motivação para fazer aquilo. A gente consegue aliar a adrenalina, com os pés no chão. Não tem como as pessoas não quererem se superar a cada dia. Isso é o que diferencia as pessoas dos animais”, afirma.

Ricardo ainda explica que sofre com os treinos intensos. Além de problemas como desgaste na cartilagem, ele conta que entre lesões de ligamento e fraturas já quebrou o nariz em seis oportunidades, mas não se arrepende e que faria tudo de novo. “O esporte me fez sonhar, me fez realizar, voltar a viver, e me mantém vivo”, diz.

Ricardo realizou o sonho de terminar uma prova do Ironman. Foto: Arquivo Pessoal

Mas nem só de esportes vivem os viciados em adrenalina. O prazer momentâneo pode ser encontrado de diferentes formas, como em romances ou na vida profissional. O desafio de estar a todo o momento se superando é o que move o viciado em adrenalina. E ao contrário do que muitos pensam, essa busca pode se tornar uma doença.

De acordo com a mestre em psicologia do desenvolvimento pela Universidade Federal da Bahia e especialista em neuropsicologia, Ana Flávia Soares, a adrenalina pode ser tornar vício à medida que atua no sistema de recompensa cerebral. “Isto faz com que o corpo libere doses maiores de dopamina e tenha a sensação de prazer e felicidade associadas às situações de estresse”, explica. Quando diagnosticados, os pacientes iniciam o tratamento à base de remédios e terapias ocupacionais para diminuir o alto nível de estresse e, consequentemente, a dependência e produção da adrenalina no corpo.

FUTEBOL

Afinal, o VAR traz justiça pro brasileirão?

Implementado este ano na competição, recurso ainda causa controvérsias no meio esportivo Por Caio Marco e Victor Fonseca Desde que se tornou popular mundialmente, o futebol sempre foi marcado por polêmicas, especialmente com relação à arbitragem. Pênaltis decisivos não marcados (ou pênaltis mal marcados), gols de mão, impedimentos, dentre outras controvérsias se mantêm na pauta […]

Caio Marco, Victor Fonseca - 13 de novembro de 2019

Desconectados

Status: Desconectado

Em tempos de relações on-line, jovens baianos andam na contramão e defendem que a boa conexão está fora da tela Por Carlos Magno e Thídila Salim Com um misto de funcionalidades, os smartphones se tornaram peças indispensáveis na vida de muita gente por todo o mundo, seja para auxiliar no trabalho ou para puro lazer. […]

Carlos Magno, Thídila Salim - 13 de novembro de 2019

Futebol feminino

A bola está com elas

Beatriz Rosentina, Elias Santana Malê, Ingrid Medina e Larissa Travassos 13 de novembro de 2019 A bola está no campo e quem veio jogar foram elas, as mulheres, que cada vez mais ganham visibilidade a partir das iniciativas para esta modalidade. Com uma história marcada por mais de 40 anos de proibição da prática no Brasil, a […]

Beatriz, Elias, Ingrid, Larissa - 13 de novembro de 2019

Saúde mental

Saúde mental e vida universitária: Seria a universidade um ambiente tóxico?

Foto: Marcelo Camargo Danilo Gois e Iuri Petitinga O sonho de ingressar em uma universidade pública é algo que acompanha quase todos os estudantes de ensino médio no Brasil. Muitos destes alunos não imaginam que a pressão do período pré-vestibular não para após o ingresso em um curso superior e uma parte destes alunos não consegue […]

Danilo Rodrigues e Fernando Iuri Petitinga - 18 de novembro de 2019

Algodão

Crescimento de 17% na safra de Algodão da Bahia assegura o estado como 2º exportador mundial

Região é explorada desde os anos 1980, marcada pela presença de “baiúchos” Ellen Chaves, Fernando Franco, Welldon Peixoto e Pedro Oliveira Foto: Welldon Peixoto O ano de 2019 já aponta 17% de aumento na safra de algodão no cenário baiano, segunda maior cultura da região. O oeste é responsável pela maior parte da produção do […]

Ellen Chaves, Fernando Franco, Welldon Peixoto - 18 de novembro de 2019

Consumo cultural

Popular para quem? Por trás da dinâmica do consumo cultural em Salvador

Apesar de uma vasta programação cultural e artística,  parte da população de Salvador não frequenta esses eventos  Lizandra Santana, Luciano Marins e Luana Gama Salvador é uma cidade que respira cultura. Por quase todos os cantos encontramos espaços culturais com uma programação diversificada, além de festivais realizados ao longo do ano. Ao mesmo tempo, parte […]

Lizandra Santana, Luciano Marins e Luana Gama - 13 de novembro de 2019