Tags:, , , , , ,

Parque São Bartolomeu é espaço de maior área verde da capital

- 9 de dezembro de 2014

Alan Alves e Cássio Santana

Com um carro de mão repleto de jacas, o pedreiro Cláudio Barreto de Jesus, de 34 anos, retorna à sua casa satisfeito depois de uma visita ao parque São Bartolomeu. Morador de Pirajá, Cláudio diz que complementa as despesas de casa com o que consegue no parque. “Aqui é um desaperto. Quando eu não estou trabalhando como pedreiro, eu venho aqui”, conta.

Com 75 hectares de Mata Atlântica nativa, o Parque São Bartolomeu é o único remanescente do bioma em área urbana do país. Localizado no bairro de Pirajá, Subúrbio Ferroviário, é também o espaço de maior área verde em Salvador. O parque foi fundado em 13 de março de 1975 e está na área de proteção ambiental da Bacia do Cobre, que se estende até o município vizinho de Simões filho.

Leia mais
Maior reserva ecológica, Parque de Pituaçu atrai até 5 mil nos finais de semana
Parque da Cidade oferece lazer e música para moradores
Parque Costa Azul é visitado por soteropolitanos em busca de esporte e lazer
Rodeado de lendas, parque do Abaeté permite passeios ecológicos
Parques de Salvador permitem lazer e contato com a natureza 

Cláudio Barreto é frequentador antigo do parque (Foto: Alan Alves)

Cláudio Barreto é frequentador antigo do parque. Foto: Alan Alves

Apesar do importante valor ambiental, o parque tem problemas de ocupação irregular do solo, poluição e coleta de lixo. “Lá dentro está tudo poluído. Eu tomava banho nessas cachoeiras, as águas eram limpas. A gente pescava cada peixão”, diz o pedreiro, fazendo referência ao tamanho do peixe com as mãos.

Frequentador do parque desde os 11 anos, Cláudio conhece bem o espaço. De acordo com ele, os moradores dos bairros vizinhos são frequentadores do parque. “Todos nós que moramos aqui perto temos essa proximidade. É um lugar bom para distrair, muito verde e tranquilo”, explica.

O Parque São Bartolomeu recentemente passou por uma requalificação feita pelo Governo do Estado da Bahia. A última etapa da obra foi entregue no dia 4 de outubro de 2014. Foram feitas melhorias no sistema de proteção do parque, de urbanização e de recuperação da estrutura. A revitalização custou cerca de R$ 180 milhões.

Parque foi requalificado pelo Governo do Estado. Foto: Alan Alves

Religião – O parque não tem só valor ambiental. Lá é também local de culto, sagrado para os adeptos do candomblé. As marcas da prática religiosa africana estão por toda parte, como na Praça de Oxum e na Pedra de Xangô. De acordo com Pai de Santo José Batista, nos jardins do parque são feitos cultos, limpezas de corpos e oferendas para os orixás. “É um espaço muito religioso. Para nós é local sagrado”, diz. Zé Batista conta que o Parque São Bartolomeu reunia milhares de pessoas em romarias. “No passado a gente tinha grandes romarias aqui em celebração aos orixás”, lembra. Embora as romarias não aconteçam mais, a prática religiosa de matriz africana permanece ativa no local.

Praça em homenagem a Oxum. Foto: Cássio Santana

História – O parque foi cenário para a histórica Batalha de Pirajá. No conflito, baianos e portugueses se enfrentaram na Guerra da Independência do Brasil. À época, a negra Zeferina liderou um grupo de escravizados que se refugiaram na área que hoje é o parque. O local denominado Urubu batizou o quilombo que se formou no parque em 1826. Embora um marco da resistência negra na época, o quilombo não resistiu à repressão do então governo de Salvador. Do quilombo só restou a Lagoa do Urubu, localidade conhecida hoje como Brasilgás.

Ciência e Tecnologia

Em defesa da ciência

Sal e álcool ajudam mesmo gelar a cerveja mais rápido? “A ciência explica”, diz o clichê. Neste 8 de julho, no entanto, a ciência dá uma pausa nas explicações para comemorar. Por força das leis 10.221/2001 e 11.807/2008, a data marca o Dia Nacional da Ciência e o Dia Nacional do Pesquisador. Pensados como uma […]

Thiago Freire - 9 de julho de 2018

Comportamento

Brasileiros abusam do humor dos memes em momentos de tensão

Ultimamente esse ditado popular não parece fazer muito sentido para os brasileiros, pois eles fazem questão de provar que uma coisa não elimina a outra através da produção de memes. Se é trágico, pode ser muito cômico, sim! No final de maio deste ano, os caminhoneiros pararam o Brasil com uma greve que durou mais de […]

Rafaela Souza & Victor Fonseca - 3 de julho de 2018

Empreendedorismo na Bahia

Empreendedorismo baiano: Yes, nós temos tecnologia

Em sua segunda edição na Bahia, que aconteceu entre os dias 17 e 20 de maio, a Campus Party (CPBA) reuniu, além de palestrantes, cientistas e apaixonados por jogos e inovações, uma série de pessoas que resolveram empreender e mostrar seus projetos no espaço Startups & Creators. O espaço possibilitou que vários empreendedores apresentassem ao […]

Rafaela Souza, Victor Fonseca - 11 de junho de 2018

Educação

Bahia tem segundo menor investimento em educação por aluno

A Bahia tem o segundo menor investimento por aluno da rede estadual do Brasil. Em 2017, o estado investiu apenas R$ 3.837,51 por aluno da educação básica. Entre os 13 governos estaduais que declararam o investimento em educação básica de 2017 ao Governo Federal, apenas o Pará gastou menos com cada aluno: R$ 3.626,41. O […]

Cícero Cotrim e Yasmin Garrido - 6 de junho de 2018

Palhaçaria

Entrevista com Jonatas Campelo

Ainda não era noite, mas a Casa de Artes Sustentáveis (CAS) já estava em ritmo acelerado. Hoje tem espetáculo? Tem sim, senhor! Até parece um reforço de um bordão que nos remete à magia do circo, mas, sim, em 29 de junho, o artista circense Jonatas Campelo, 30, não se preparava apenas para o espetáculo […]

Cristiana Fernandes - 22 de julho de 2018

Justiça

Metade dos presos na Bahia não foram julgados

Um dos grandes desafios do sistema carcerário brasileiro na atualidade é a quantidade de presos provisórios que o integram. A morosidade do judiciário e a política de segurança pública voltada para encarcerar colaboram com a situação daqueles que sequer tiveram direito a um julgamento e uma condenação, mas foram privados de liberdade. Por meio do […]

Cícero Cotrim e Yasmin Garrido - 9 de julho de 2018

Copa

Copa nas ruas

O mês de junho, tradicionalmente, é um mês de festa na região Nordeste. Os festejos da época para as comemorações dos dias de São João (24) e São Pedro (29) deixam as ruas da capital e do interior mais enfeitadas. As portas das casas, as avenidas, as calçadas, todas são cobertas com as decorações típicas […]

Luís Felipe Brito, José Cairo e Felipe Iruatã - 3 de julho de 2018