Tags:, , , , , ,

Parque São Bartolomeu é espaço de maior área verde da capital

- 9 de dezembro de 2014

Alan Alves e Cássio Santana

Com um carro de mão repleto de jacas, o pedreiro Cláudio Barreto de Jesus, de 34 anos, retorna à sua casa satisfeito depois de uma visita ao parque São Bartolomeu. Morador de Pirajá, Cláudio diz que complementa as despesas de casa com o que consegue no parque. “Aqui é um desaperto. Quando eu não estou trabalhando como pedreiro, eu venho aqui”, conta.

Com 75 hectares de Mata Atlântica nativa, o Parque São Bartolomeu é o único remanescente do bioma em área urbana do país. Localizado no bairro de Pirajá, Subúrbio Ferroviário, é também o espaço de maior área verde em Salvador. O parque foi fundado em 13 de março de 1975 e está na área de proteção ambiental da Bacia do Cobre, que se estende até o município vizinho de Simões filho.

Leia mais
Maior reserva ecológica, Parque de Pituaçu atrai até 5 mil nos finais de semana
Parque da Cidade oferece lazer e música para moradores
Parque Costa Azul é visitado por soteropolitanos em busca de esporte e lazer
Rodeado de lendas, parque do Abaeté permite passeios ecológicos
Parques de Salvador permitem lazer e contato com a natureza 

Cláudio Barreto é frequentador antigo do parque (Foto: Alan Alves)

Cláudio Barreto é frequentador antigo do parque. Foto: Alan Alves

Apesar do importante valor ambiental, o parque tem problemas de ocupação irregular do solo, poluição e coleta de lixo. “Lá dentro está tudo poluído. Eu tomava banho nessas cachoeiras, as águas eram limpas. A gente pescava cada peixão”, diz o pedreiro, fazendo referência ao tamanho do peixe com as mãos.

Frequentador do parque desde os 11 anos, Cláudio conhece bem o espaço. De acordo com ele, os moradores dos bairros vizinhos são frequentadores do parque. “Todos nós que moramos aqui perto temos essa proximidade. É um lugar bom para distrair, muito verde e tranquilo”, explica.

O Parque São Bartolomeu recentemente passou por uma requalificação feita pelo Governo do Estado da Bahia. A última etapa da obra foi entregue no dia 4 de outubro de 2014. Foram feitas melhorias no sistema de proteção do parque, de urbanização e de recuperação da estrutura. A revitalização custou cerca de R$ 180 milhões.

Parque foi requalificado pelo Governo do Estado. Foto: Alan Alves

Religião – O parque não tem só valor ambiental. Lá é também local de culto, sagrado para os adeptos do candomblé. As marcas da prática religiosa africana estão por toda parte, como na Praça de Oxum e na Pedra de Xangô. De acordo com Pai de Santo José Batista, nos jardins do parque são feitos cultos, limpezas de corpos e oferendas para os orixás. “É um espaço muito religioso. Para nós é local sagrado”, diz. Zé Batista conta que o Parque São Bartolomeu reunia milhares de pessoas em romarias. “No passado a gente tinha grandes romarias aqui em celebração aos orixás”, lembra. Embora as romarias não aconteçam mais, a prática religiosa de matriz africana permanece ativa no local.

Praça em homenagem a Oxum. Foto: Cássio Santana

História – O parque foi cenário para a histórica Batalha de Pirajá. No conflito, baianos e portugueses se enfrentaram na Guerra da Independência do Brasil. À época, a negra Zeferina liderou um grupo de escravizados que se refugiaram na área que hoje é o parque. O local denominado Urubu batizou o quilombo que se formou no parque em 1826. Embora um marco da resistência negra na época, o quilombo não resistiu à repressão do então governo de Salvador. Do quilombo só restou a Lagoa do Urubu, localidade conhecida hoje como Brasilgás.

Música, Salvador

Segue o Som: Quais são os desafios de fazer música em Salvador?

Em dezembro de 2015, Salvador foi eleita pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) como Cidade da Música. Esse reconhecimento potencializa a diversidade da cena musical soteropolitana e indica possibilidades de crescimento. Para Ricardo Rosa, produtor cultural e diretor da Ruffo Marketing, Cultura e Arte, “a gente talvez […]

Luana Lima, Marina Matos - 13 de junho de 2018

Mobilidade Urbana

BRT, uma via de mão dupla

A obra do BRT (Bus Rapid Transit) em Salvador, comandada pela Prefeitura em parceria com a empresa licenciada Camargo Correa, tem gerado uma série de polêmicas e sido alvo de críticas por uma parcela da população. Estão em pauta questões ambientais, técnicas e urbanísticas e o movimento oposicionista é heterogêneo, dele fazem parte entidades como […]

Greice Mara, Rafaela Rey e Vitória Croda - 13 de junho de 2018

Salvador

O direito de ser enterrado

Quando o auxiliar de serviços gerais Anderson Souza, 36 anos, recebeu uma previsão de até seis dias para enterrar o pai, que morreu após um ataque cardíaco, se questionou como faria para que não deixasse o corpo de Nilton Souza, 71 anos, apodrecer. Resposta essa que não lhe foi dada pela Central de Marcação para […]

Fernando Valverde - 11 de junho de 2018

Empreendedorismo na Bahia

Empreendedorismo baiano: Yes, nós temos tecnologia

Em sua segunda edição na Bahia, que aconteceu entre os dias 17 e 20 de maio, a Campus Party (CPBA) reuniu, além de palestrantes, cientistas e apaixonados por jogos e inovações, uma série de pessoas que resolveram empreender e mostrar seus projetos no espaço Startups & Creators. O espaço possibilitou que vários empreendedores apresentassem ao […]

Rafaela Souza, Victor Fonseca - 11 de junho de 2018