Tags:, , , , , , , ,

Gastronomia soteropolitana investe em opções para vegetarianos

- 2 de agosto de 2017

Hamburguerias e restaurantes para vegetarianos e veganos tentam atrair público com pratos exclusivos. Distribuição dos estabelecimentos na cidade ainda é restrita

Marina Fraga Maia e Paloma Rigaud

Hambúrguer vegetariano do B-Vegan, restaurante localizado na Barra (Foto: Marina Fraga Maia)

É normal que, de tempos em tempos, haja um “boom” de algum tipo de restaurante em Salvador. Há uma década, foi a vez das temakerias. Hoje, a comida do momento são os hambúrgueres. A maneira mais fácil de perceber isso é dando uma volta na Pituba: Bravo, Red Burger N Bar, Muu Hamburgueria, Cozinha dos Fundos e Cazolla Gastrô.Burguer.Beer. são apenas algumas das opções disponíveis. Com o aumento da concorrência, a variedade no cardápio é uma obrigação destes estabelecimentos. Esse é o caso de uma das mais novas hamburguerias artesanais de Salvador, a à burguer, que antes mesmo de sair do papel já possuía uma opção vegetariana no cardápio.

De acordo com o fundador da hamburgueria, Rodrigo Dias, o espaço foi inspirado nos restaurantes dos Estados Unidos, onde cada cliente tinha uma experiência inesquecível, e os vegetarianos não poderiam ficar de fora. “Quando criamos a hamburgueria já queríamos ter um hambúrguer vegetariano, justamente para poder proporcionar essa experiência para todos. Porém, precisamos estudar para criar um hambúrguer que realmente se diferencie e traga a qualidade que esperamos. Por isso, o vegetariano só foi lançado esse mês [julho de 2017], no dia 12”, explica.

(Design: Marina Fraga Maia)

Segundo uma pesquisa do Ibope, realizada em 2012, 8% da população brasileira se declara vegetariana. Isto corresponde a 16 milhões de vegetarianos no país. Em setembro de 2015, o Burger King, rede de fast-food mundialmente conhecida, lançou no Brasil um hambúrguer vegetariano. O sanduíche se diferencia das outras opções da rede por ser feito com um empanado à base de batata, shimeji, shitake e recheio de queijo derretido. É montado em pão integral, e contém ainda maionese, queijo em fatia, alface, tomate e cebola. “O primeiro hambúrguer vegetariano que eu comi foi o do BK, e na época foi a coisa mais incrível para mim”, explica Priscilla Borges, vegetariana há quase 2 anos e criadora do perfil no Instagram O Que Eu Vou Comer, voltado para pessoas vegetarianas e veganas em fase de transição.

Mas, mesmo com a demanda por esse tipo de comida, nem todas as hamburguerias e restaurantes possuem opções vegetarianas. “Não é que você não ache o que comer, mas nunca é adequado. Às vezes é um acompanhamento (como batatas fritas) ou uma sobremesa (que não é vegetariana/vegana), mas dificilmente existe um prato decente”, afirma Caroline Maldonado, vegetariana há 2 anos. Por ser difícil encontrar locais que possuam essas opções, páginas e perfis voltados para a população vegetariana foram criados no Facebook, Instagram e Whatsapp.

Esse é o caso de grupos como “Veganos em Salvador”, “Ogros Veganos”, “Musculação Vegana”, entre outros. Nestes espaços, é possível encontrar indicações de restaurantes e novos lugares com opções para esse público. “Em relação a restaurante vegetariano eu só conheço um, o Rango Vegan no Pelourinho. Descobri ele através de um grupo no Facebook chamado “Veganos em Salvador”, relata Priscilla.

Só para eles

Assim como as hamburguerias, a quantidade de restaurantes e deliveries voltados para vegetarianos e veganos também tem crescido, mesmo que aos poucos. Alguns deles são o B-Vegan, a Divegana, o Brisa Restaurante Natural e a Mariana Verde. Esse último é um delivery criado em 2010, por Ana Maria Santos, arte culinarista. “Eu sou vegetariana há 43 anos e resolvi criar uma empresa que pudesse levar a alimentação vegetariana para as pessoas, oferecendo a comodidade de receber em suas casas ou em seu escritório com um preço acessível”, declara.

Para ela, a única dificuldade em manter uma empresa vegetariana é a mesma de todas as outras empresas brasileiras atualmente, a crise econômica no país. “A nossa dificuldade vem quando as vendas caem por causa da crise econômica. Amamos o que fazemos e a cada dificuldade procuramos uma solução criativa para inovarmos e continuarmos resilientes. É um negócio que exige amor, que por sinal, é o tempero que escolhemos colocar em nossos pratos”, conclui. O Mariana Verde se mantém aberto, e funcionando regularmente em Brotas, de segunda à sexta-feira.

(Design: Marina Fraga Maia)

A quantidade de opções também é um fator importante e mal explorado em Salvador. “Deveriam existir mais opções de restaurantes vegetarianos em Salvador, pois existe  um público e uma demanda crescente e pouco mercado. Precisamos ter opções mais saudáveis e conscientes”, aponta Érica Kolbe, ovolactovegetariana há 3 anos. Ela também ressaltou como a falta de variedade faz as pessoas terem vontade de desistir.

Esse foi o caso de Rodrigo Leal, que foi vegetariano por 5 anos, até 2015. “Estava cansado de sair de casa e não comer nada. Aí eu ia fazer uma viagem de sete dias com a faculdade e analisei as possibilidades: levar comida de casa e voltar para casa 3 quilos mais magro ou voltar a comer carne. A última opção ganhou”, explica.

Priscilla também passou por situações complicadas depois que se tornou vegetariana. “Sair com a família para comer se tornou um problema enorme, justamente pela dificuldade de encontrar em restaurantes comuns opções vegetarianas. Salvador ainda é muito carente de opções. Fui para o Rio de Janeiro ano passado, e em todos os lugares eu tinha várias opções super diferentes.”, lembra.

Para Amanda Ferreira, vegetariana há 3 anos, o problema não é só a falta de variedade, mas o preço dessas opções. Além de poucas, elas não são sempre acessíveis. “Os restaurantes que oferecem alguma opção vegetariana,  colocam o preço delas, na maioria das vezes, mais caro. Queria poder encontrar uma barraquinha de comida vegetariana em cada esquina, como a gente já encontra de outros tipos de comida”, conta.

A localização acaba sendo outro fator importante, “Apesar de terem aumentado bastante as opções nos últimos 4 anos, ainda há bairros sem opções vegetariana, o que faz com que tenhamos que nos deslocar muito para comer bem ou que acabemos não comendo como deveríamos”, diz Tainá Sampaio, vegetariana há 4 anos.

Para ajudar outros vegetarianos e veganos, Érica começou a atualizar uma lista de restaurantes com opções vegetarianas em Salvador, criada pela nutricionista Laís Martins. Para ter acesso à lista, clique aqui.

As dificuldades do dia-a-dia

Não é só na hora de comer fora de casa que a dificuldade aparece. Mesmo ao escolher alimentos no mercado, como congelados e semiprontos, não é fácil encontrar uma opção adequada. “Um dos meus grandes problemas é esse. Meus pais costumam comprar em mercados comuns, que não tem muita opção pra mim”, revela Tainá.

Cardápio do restaurante B-Vegan, na Barra (Foto: Marina Fraga Maia)

Para Gabriela Carvalho, vegetariana há 2 anos, o preço desses alimentos acaba atrapalhando também. “Não existe tanta variedade de alimentos de preparo rápido, como congelados. E quando há opções, os preços costumam ser altos”, afirma. E não é só ela que nota essa variação. “Se você precisa de algo pronto (como congelados), é quase impossível. Quando existe, é caro e normalmente sem graça”, explica Carolina.

Para resolver esse problema, é necessário ir em outros bairros, ou procurar mercados menores e mais específicos. “Para encontrar realmente o que eu quero, gosto e preciso, é necessário ir para bairros um pouco mais distantes do meu”, relata Amanda. É o mesmo que acontece com Priscilla, “Em mercados tradicionais você só vai encontrar o básico (quinoa, lentilha, grão de bico), mas para encontrar produtos mais específicos, (tofu, queijos veganos, iogurtes, leites vegetais, comida pronta) é importante procurar mercados menores”, informa.

Especial

Guerra da Água

No cerrado baiano, o agronegócio impacta a sobrevivência das comunidades tradicionais. A reportagem em áudio conta como a população de Correntina, no oeste da Bahia, tem sofrido ameaças e resistido à disputa por água em seu te Dê play e saiba mais sobre essa história. Material produzido a partir da proposta de pauta vencedora da […]

Leonardo Lima e Luísa Carvalho - 13 de dezembro de 2021

Editorial

Investigação participativa: reportagens que colocam o leitor no centro da história

Profa. Lívia Vieira As 13 reportagens multimídia feitas pela turma de Oficina de Jornalismo Digital em 2021.2 tiveram como base o conceito de investigação participativa. O termo, que em inglês é conhecido como engagement reporting, foi discutido em uma aula especial que tivemos com Giulia Afiune, editora de Audiências da Agência Pública. Na ocasião, Giulia […]

Profa. Lívia Vieira - 2 de dezembro de 2021


Racismo religioso

Salvador ainda é um ambiente inseguro para os praticantes de religiões afro

Dentro de casa ou no trabalho, praticantes de religiões de matrizes africanas relatam dificuldades na tentativa de exercer seu direito ao culto religioso. Expressões depreciativas, ataques a terreiros, xingamentos e até agressões. É assim que o racismo religioso se traveste de “opinião” em diversas partes do Brasil – incluindo Salvador, – uma das cidades mais […]

Josivan Vieira e Gabriele Santana - 1 de dezembro de 2021

Meio Ambiente

Salvador, primeira cidade planejada do Brasil, sofre com falta de infraestrutura

Habitantes de Salvador relatam problemas dos bairros onde vivem e denunciam falta de assistência do poder público. Os moradores de Salvador têm orgulho de dizer que vivem na primeira capital do Brasil. De propagandas até conversas em mesa de bar, soteropolitanos e pessoas que adotaram a cidade do axé e do dendê se gabam de […]

Brenda Roberta, Inara Almeida e Maysa Polcri - 1 de dezembro de 2021

Direito ao transporte

Assaltos a ônibus assustam população de Salvador

Cidadãos que dependem do transporte público relatam a experiência de insegurança cotidiana, embora Secretaria de Segurança Pública afirme que houve redução no número de assaltos a ônibus. Por Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar Oliveira Os assaltos a ônibus são uma constante e assustam a população de Salvador que depende do transporte público para seguir […]

Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar O. - 1 de dezembro de 2021

Direito à Cultura

Consumo de livros digitais aumenta e obras físicas têm baixa durante pandemia de Covid-19

Especialistas explicam que pandemia impulsionou mudança em formato de leitura. Por Adele Robichez, Felipe Aguiar, Nathália Amorim, Vinícius Harfush Um levantamento realizado pela reportagem em Salvador indicou que as pessoas passaram a consumir mais livros no formato digital durante a pandemia de covid-19. Segundo a pesquisa, que selecionou 68 moradores da capital para responder perguntas […]

Adele R, Felipe A, Nathália A, Vinícius H - 1 de dezembro de 2021

Economia criativa

Os desafios de viver de arte durante a pandemia

Assim como nós humanos, a economia foi imensamente impactada pelo distanciamento social, mas, felizmente, uma possível vacina para curar o problema já existe, e se chama criatividade. Não é exagero afirmar que nenhum brasileiro e nenhuma brasileira escapou ileso dos diversos e inesperados desafios vividos nos anos de 2020 e 2021. E eles têm um […]

Paulo Marques - 1 de dezembro de 2021

Direito à religião

Comunidades de matriz africana lutam por prática religiosa em espaços públicos de Salvador

Intervenções em locais comunitários preocupam terreiros que dependem da vegetação natural para exercer cultos Por Geovana Oliveira, Luana Lisboa, Victor Hugo Meneses e João Marcelo Bispo Até hoje, a vodunsi Mãe Cacau se emociona ao falar sobre o início das obras para a Estação Elevatória de Esgoto na Lagoa do Abaeté. Quando as máquinas chegaram […]

Geovana, Luana, Victor Hugo e João Marcelo - 1 de dezembro de 2021

Ordem de despejo

O caso da comunidade do Tororó, em Salvador, e a violação do direito à moradia

Moradores recebem ordem de despejo da localidade que está sendo especulada para construção de um estacionamento de um novo Shopping Center “Como os moradores são quase todos do mercado informal, a prefeitura ligava para eles e oferecia dinheiro. Como estavam todos sem dinheiro, começaram a negociar com a prefeitura. Nisso, com quem já tinha negociado, […]

Álene Rios, Júlia Lobo e Thainara Oliveira - 1 de dezembro de 2021

Cinema de rua

Histórias de quem viveu o cinema de rua de Salvador

Entenda o que aconteceu entre a época de ouro do cinema de rua e a expansão das grandes redes Tomar um café enquanto espera o horário do filme, entrar numa sala de cinema pequena, com menos de 100 lugares, para assistir a uma produção nacional. Esse ritual, muito comum até a década de 1990, é […]

Carol Cerqueira, Catarina Carvalho e Maria Andrade - 1 de dezembro de 2021

Direito à mobilidade

Pessoas com deficiência denunciam falta de acesso ao transporte de Salvador

Falta de fiscalização afeta funcionamento de elevadores em coletivos. Gabrielle Medrado, Gustavo Arcoverde, Marcela Villar e Rafaela Dultra Cadeirante desde 2014 após uma tentativa de assalto, o baiano Luan Veloso, 32, é paracanoísta profissional e terceiro colocado no ranking dos melhores do Brasil na maratona de sua categoria, a KL1, na qual atletas utilizam como […]

Gabrielle Medrado,Gustavo Arcoverde,Marcela Villar - 1 de dezembro de 2021

RAP em Salvador

O ritmo não para: batalhas de rima movimentam a cultura nas comunidades

Batalhas de rap voltam a acontecer em Salvador após suspensão causada pela pandemia de Covid-19 Após quase um ano e meio da pandemia de Covid-19, o setor artístico e cultural soteropolitano começou a tomar fôlego com a última fase de retomada das atividades econômicas, decretada pela prefeitura da capital baiana no dia 9 de julho […]

Danielle Campos, Kamille Martinho, Renata Falcone - 1 de dezembro de 2021

Direito à Segurânça

Não vá que é barril: A violência contra motoristas de aplicativo em Salvador

“Foi quando ele pegou a arma e apontou na minha cara, aí foi complicado”. Estamos na rua Candinho Fernandes, Fazenda Grande do Retiro, Salvador. São 8h30 da noite do dia 23 de dezembro de 2019, perto da véspera de Natal. Anselmo Cerqueira, que é motorista por aplicativo, está com o carro estacionado. Dois homens se […]

Adriano Motta, Lula Bonfim e Victor Lucca Ferreira - 1 de dezembro de 2021

Gerar problemas não é saudável

Consumidores relatam transtornos e dificuldades com planos de saúde

Mensalidades  subiram  quase 50% este ano, conforme aponta um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) Por Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama No dia 25 de Março, Maria*, grávida de cinco meses, precisou ser encaminhada às pressas para o Hospital Santo Amaro. Ao chegar lá, precisou realizar uma cesária de […]

Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama - 1 de dezembro de 2021