Tags:, ,

Ela faz cinema e café

- 4 de julho de 2012

Fabíola Aquino conta sobre os caminhos que a levaram para o cinema documental.

Caio Sá Telles

Fabíola e Seu Pascoal da Farinha na feira de São Joaquim | Crédito: Divulgação

Tarde comum de mais uma sexta-feira brancaem Salvador. Aquelavontade costumeira de regar a conversa com café. À mesa de um dos bares localizados no bairro 2 de Julho, centro antigo da cidade, o pedido é feito. “Sim, claro que sai um menorzinho. O caso é que já tá frio. Foi passado às sete da manhã”, lamenta o garçom. Como mora ali perto, quebrando a esquina e já na porta de casa, Fabíola promete uma rodada de café fresco passado na hora. A essa altura, um convite irrecusável.

Enquanto a água espera pela fervura no fogo, a dona da casa abre as janelas para melhorar a ventilação. Quem controla esse vento que entra na sala é quem também toma conta de sua cabeça. As imagens de Santa Bárbara, padroeira dos bombeiros, espalhadas pelas estantes e paredes do apartamento revelam a fé sincrética de Fabíola. Por detrás da santa branca, uma mão preta ergue aquela mesma espada e cospe tempestades. “Eu sou de Iansã”, ela vibra.

Fabíola Aquino Coelho nasceu em Caculé, interior da Bahia. Ainda aos 14 anos, partiu de sua cidade natal com destino a Salvador para dar continuidade à sua formação escolar básica. Prestou vestibular para Pedagogia e foi aprovada. Em pouco tempo, no entanto, percebeu que esse definitivamente não era o seu caminho e abandonou o curso superior por completa falta de vocação. Foi nessa mesma época que ela passou a trabalhar com produção em cultura no setor comercial de um jornal da cidade.

“O período no jornal ampliou meu contato com as atividades de produção e me levou a consumir muita cultura”, relembra Fabíola. Enquanto aprimorava seu conhecimento autodidata em produção cultural, ela decidiu se inscrever em mais um vestibular. Dessa vez, Fabíola foi aprovada para o curso de Jornalismo oferecido pela Faculdade 2 de Julho,em Salvador. Aolongo da graduação, participou de inúmeras atividades formativas em festivais de cinema ministradas por nomes como Evaldo Morcazel e Geraldo Sarno.

Trajetória – Em 98, Fabíola trabalhou como assistente de produção no Três Histórias da Bahia. O projeto, que marcava a retomada do cinema no estado, era composto por três filmes de média-metragem: Agora é Cinza, Diário do Convento e O Pai do Rock; dirigidos respectivamente por Sérgio Machado, Edyala Yglesias e José Araripe Júnior. Trabalhando também na produtora baiana Berimbau Filmes, ela adquiriu ainda mais experiência e decidiu concluir seu curso superior com a realização de um documentário.

Hip-hop com Dendê foi o primeiro projeto independente de Fabíola como diretora de cinema. O curta documental, com duração de 15 minutos, investiga a combinação entre o hip-hop norte-americano e as culturas periféricas de Salvador. A chegada do movimento à cidade foi de uma enorme contribuição social. Através dele, a juventude negra marginalizada aprendeu novas linguagens de criação artística – o rap, o graffiti e o break – que passaram também a lhe servir como mecanismos de reivindicação e denúncia.

A ideia para a filmagem de um documentário sobre o movimento soteropolitano de hip-hop surgiu durante o show de MV Bill na Concha Acústica do Teatro Castro Alves em 2005. “Vi a Concha lotada para assistir ao show de um cara sobre quem eu jamais tinha ouvido falar. Toda uma população da cidade que eu também jamais pensaria em conhecer justamente por ser moradora do centro e não andar tanto pela periferia. Fiquei encantada com esse movimento popular tão forte”, conta fascinada a diretora.

O curta-metragem foi exibido em mais de trinta festivais de cinema e marcou sua entrada definitiva para a produção audiovisual. Engajada nas discussões sobre as políticas públicas destinadas à sua área de atuação, Fabíola trabalhou na Diretoria de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Dimas) e em alguns projetos pontuais como o DOC TV CPLP, programa desenvolvido em 2009 para fomentar a produção e a teledifusão de documentários na comunidade de países de língua portuguesa.

Através do Laboratório Olhar-Documenta, atividade proposta pelo IV Panorama Internacional Coisa de Cinema, Fabíola dirigiu mais um curta-metragem documental intitulado O Jardim. Em aproximadamente três minutos, o músico Zoião, que hoje mora nas ruas do centro de Salvador, relembra sua juventude vivida na Caculé dos anos 70. “No momento em que o Youtube cria o Youtube Brasil, colocamos esse vídeo na internet. São mais de quarenta mil visualizações por causa desse boom inicial”, declara.

Primeiro longa – Em 2011, Fabíola trabalhou na equipe de Coleção Invisível, primeiro longa-metragem de ficção do francês Bernard Attal. “Decidi que, naquele mesmo ano, inscreveria finalmente um antigo projeto em editais de incentivo à produção audiovisual”, revela a diretora. Assim, o seu primeiro documentário em longa-metragem tornou-se possível. Água de Meninos – A Feira do Cinema Novo foi contemplado com apoio da Demanda Espontânea do Fundo de Cultura e da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Com 52 minutos de duração, o filme intercala sequências de depoimentos e imagens de arquivo que apresentam mais uma narrativa sobre o intricado passado da feira de São Joaquim. “Trazemos a história de Água de Meninos. Se hoje a chamamos de São Joaquim, é porque temos uma história lá atrás. Temos uma tradição de feiras à beira-mar que não pode ser negligenciada”, argumenta. Para quem ainda não assistiu ao novo documentário de Fabíola, poderá conferi-lo dia 30 de julho no Cine Solar Boa Vista.

“Concluir cada projeto é um desafio. Menos de 5% do cinema nacional conseguem ir para as salas de exibição. Estou falando em mais de 80 longas-metragens por ano”, desabafa a diretora. Agora, Fabíola busca meios alternativos para a distribuição de seu documentário e desenvolve a pesquisa para seu próximo projeto. Caculé – O Quilombo de um Homem Só contará a história sobre as origens de sua cidade natal e sobre o modelo de gestão pública que a transformou em referência nacional de sustentabilidade.

Leia mais:

 Novo Cinema Novo

Anunciaram e garantiram que a feira ia se acabar

É o retrato fiel da Bahia

Cinema, feiras e urubus

Especial

Guerra da Água

No cerrado baiano, o agronegócio impacta a sobrevivência das comunidades tradicionais. A reportagem em áudio conta como a população de Correntina, no oeste da Bahia, tem sofrido ameaças e resistido à disputa por água em seu te Dê play e saiba mais sobre essa história. Material produzido a partir da proposta de pauta vencedora da […]

Leonardo Lima e Luísa Carvalho - 13 de dezembro de 2021

Editorial

Investigação participativa: reportagens que colocam o leitor no centro da história

Profa. Lívia Vieira As 13 reportagens multimídia feitas pela turma de Oficina de Jornalismo Digital em 2021.2 tiveram como base o conceito de investigação participativa. O termo, que em inglês é conhecido como engagement reporting, foi discutido em uma aula especial que tivemos com Giulia Afiune, editora de Audiências da Agência Pública. Na ocasião, Giulia […]

Profa. Lívia Vieira - 2 de dezembro de 2021


Racismo religioso

Salvador ainda é um ambiente inseguro para os praticantes de religiões afro

Dentro de casa ou no trabalho, praticantes de religiões de matrizes africanas relatam dificuldades na tentativa de exercer seu direito ao culto religioso. Expressões depreciativas, ataques a terreiros, xingamentos e até agressões. É assim que o racismo religioso se traveste de “opinião” em diversas partes do Brasil – incluindo Salvador, – uma das cidades mais […]

Josivan Vieira e Gabriele Santana - 1 de dezembro de 2021

Meio Ambiente

Salvador, primeira cidade planejada do Brasil, sofre com falta de infraestrutura

Habitantes de Salvador relatam problemas dos bairros onde vivem e denunciam falta de assistência do poder público. Os moradores de Salvador têm orgulho de dizer que vivem na primeira capital do Brasil. De propagandas até conversas em mesa de bar, soteropolitanos e pessoas que adotaram a cidade do axé e do dendê se gabam de […]

Brenda Roberta, Inara Almeida e Maysa Polcri - 1 de dezembro de 2021

Direito ao transporte

Assaltos a ônibus assustam população de Salvador

Cidadãos que dependem do transporte público relatam a experiência de insegurança cotidiana, embora Secretaria de Segurança Pública afirme que houve redução no número de assaltos a ônibus. Por Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar Oliveira Os assaltos a ônibus são uma constante e assustam a população de Salvador que depende do transporte público para seguir […]

Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar O. - 1 de dezembro de 2021

Direito à Cultura

Consumo de livros digitais aumenta e obras físicas têm baixa durante pandemia de Covid-19

Especialistas explicam que pandemia impulsionou mudança em formato de leitura. Por Adele Robichez, Felipe Aguiar, Nathália Amorim, Vinícius Harfush Um levantamento realizado pela reportagem em Salvador indicou que as pessoas passaram a consumir mais livros no formato digital durante a pandemia de covid-19. Segundo a pesquisa, que selecionou 68 moradores da capital para responder perguntas […]

Adele R, Felipe A, Nathália A, Vinícius H - 1 de dezembro de 2021

Economia criativa

Os desafios de viver de arte durante a pandemia

Assim como nós humanos, a economia foi imensamente impactada pelo distanciamento social, mas, felizmente, uma possível vacina para curar o problema já existe, e se chama criatividade. Não é exagero afirmar que nenhum brasileiro e nenhuma brasileira escapou ileso dos diversos e inesperados desafios vividos nos anos de 2020 e 2021. E eles têm um […]

Paulo Marques - 1 de dezembro de 2021

Direito à religião

Comunidades de matriz africana lutam por prática religiosa em espaços públicos de Salvador

Intervenções em locais comunitários preocupam terreiros que dependem da vegetação natural para exercer cultos Por Geovana Oliveira, Luana Lisboa, Victor Hugo Meneses e João Marcelo Bispo Até hoje, a vodunsi Mãe Cacau se emociona ao falar sobre o início das obras para a Estação Elevatória de Esgoto na Lagoa do Abaeté. Quando as máquinas chegaram […]

Geovana, Luana, Victor Hugo e João Marcelo - 1 de dezembro de 2021

Ordem de despejo

O caso da comunidade do Tororó, em Salvador, e a violação do direito à moradia

Moradores recebem ordem de despejo da localidade que está sendo especulada para construção de um estacionamento de um novo Shopping Center “Como os moradores são quase todos do mercado informal, a prefeitura ligava para eles e oferecia dinheiro. Como estavam todos sem dinheiro, começaram a negociar com a prefeitura. Nisso, com quem já tinha negociado, […]

Álene Rios, Júlia Lobo e Thainara Oliveira - 1 de dezembro de 2021

Cinema de rua

Histórias de quem viveu o cinema de rua de Salvador

Entenda o que aconteceu entre a época de ouro do cinema de rua e a expansão das grandes redes Tomar um café enquanto espera o horário do filme, entrar numa sala de cinema pequena, com menos de 100 lugares, para assistir a uma produção nacional. Esse ritual, muito comum até a década de 1990, é […]

Carol Cerqueira, Catarina Carvalho e Maria Andrade - 1 de dezembro de 2021

Direito à mobilidade

Pessoas com deficiência denunciam falta de acesso ao transporte de Salvador

Falta de fiscalização afeta funcionamento de elevadores em coletivos. Gabrielle Medrado, Gustavo Arcoverde, Marcela Villar e Rafaela Dultra Cadeirante desde 2014 após uma tentativa de assalto, o baiano Luan Veloso, 32, é paracanoísta profissional e terceiro colocado no ranking dos melhores do Brasil na maratona de sua categoria, a KL1, na qual atletas utilizam como […]

Gabrielle Medrado,Gustavo Arcoverde,Marcela Villar - 1 de dezembro de 2021

RAP em Salvador

O ritmo não para: batalhas de rima movimentam a cultura nas comunidades

Batalhas de rap voltam a acontecer em Salvador após suspensão causada pela pandemia de Covid-19 Após quase um ano e meio da pandemia de Covid-19, o setor artístico e cultural soteropolitano começou a tomar fôlego com a última fase de retomada das atividades econômicas, decretada pela prefeitura da capital baiana no dia 9 de julho […]

Danielle Campos, Kamille Martinho, Renata Falcone - 1 de dezembro de 2021

Direito à Segurânça

Não vá que é barril: A violência contra motoristas de aplicativo em Salvador

“Foi quando ele pegou a arma e apontou na minha cara, aí foi complicado”. Estamos na rua Candinho Fernandes, Fazenda Grande do Retiro, Salvador. São 8h30 da noite do dia 23 de dezembro de 2019, perto da véspera de Natal. Anselmo Cerqueira, que é motorista por aplicativo, está com o carro estacionado. Dois homens se […]

Adriano Motta, Lula Bonfim e Victor Lucca Ferreira - 1 de dezembro de 2021

Gerar problemas não é saudável

Consumidores relatam transtornos e dificuldades com planos de saúde

Mensalidades  subiram  quase 50% este ano, conforme aponta um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) Por Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama No dia 25 de Março, Maria*, grávida de cinco meses, precisou ser encaminhada às pressas para o Hospital Santo Amaro. Ao chegar lá, precisou realizar uma cesária de […]

Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama - 1 de dezembro de 2021