Tags:, , ,

Copa do Mundo sub-18

- 19 de maio de 2014

Escolas apresentam questões relacionadas ao evento para crianças

Gislene Ramos, Jéssica Nascimento e Thalita Lima

 

Desde crianças, a maioria dos brasileiros naturaliza o futebol como parte da sua cultura. Quando as escolas ficam enfeitadas com bandeirolas em verde e amarelo e os alunos saem de rosto pintado com as cores do Brasil, são indícios de que o ano é de Copa do Mundo de Futebol da Fifa. “Copa do Mundo?”. Os pequenos entrevistados estranham: muitos ouvem falar disso pela primeira vez.

“Ah, sim, é o maior campeonato brasileiro de futebol”, diz Emmanuel Santana, 12 anos. “Acho que são uns 5 países”, chuta o irmão, Aleksander Santana, de 10 anos, sobre o número de seleções participantes. “Mas eu vou torcer para o Bahia!”, brinca. Com opiniões e conhecimentos diversos, as crianças compreendem o evento mundial de acordo com as influências que recebem, especialmente na escola.

Com o ideal de informar à comunidade sobre os impactos sociais, culturais e econômicos da Copa na cidade através dos colégios, o Escritório Municipal da Copa em Salvador (Ecopa) e a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Smed) lançaram o programa Todos Rumo à Copa do Mundo Fifa.

O programa foi inaugurado na Escola Municipal Francisco Leite, no bairro de Águas Claras. “O Ecopa trouxe uma espécie de museu para a escola, que ficou durante uma semana com várias coisas da Copa do Mundo (como reportagens) e culminou no lançamento dessa exposição. A gente alimenta o mural através dos alunos, cada sala fica responsável por uma pesquisa”, disse a diretora do colégio Maria Adelma Lins.

Mural da Copa da Escola Municipal Francisco Leite. Fonte: Thalita Lima

Segundo Adelma, os professores são orientados a levar para a sala de aula a discussão sobre os efeitos da Copa, mas os estudantes desenvolvem um discurso mais crítico graças ao convívio familiar. “Alguns até falam: ‘eu não vou torcer para o Brasil não, pró. Tá faltando médico, tá faltando isso, tá faltando aquilo. O prefeito não vai mandar nossa merenda não?’, comenta.

Nos meses da realização da Copa, a escola participa de um intercâmbio com 50 crianças francesas que permanecem uma semana no colégio e participam de um passeio pelo Pelourinho com a mesma quantidade de estudantes brasileiros. Segundo a diretora, o principal desafio é o da comunicação. “Só tem um professor que fala um pouco de francês”, diz.

Leia mais

Produtos infantis e publicidade na Copa

O professor Marcos Neira, da Faculdade de Educação da USP e do Grupo de Pesquisas em Educação Física Escolar, acredita que é preciso focar na instrução dos professores para lidar com o tema. O pesquisador montou um curso com professores do ensino infantil ao médio para que possam trabalhar o tema com ações e realizar campeonatos de futebol.

“O curso tem como proposta analisar criticamente a Copa do Mundo com a intenção de colaborar com a elaboração e desenvolvimento de atividades de ensino que proporcionem aos estudantes outros olhares (menos ufanistas) sobre o evento”, explicou o professor. Para Marcos, é papel da instituição escolar promover atividades mais aprofundadas de análise. “E isso não pode acontecer reproduzindo as representações que circulam na mídia, na família e na roda de amigos”, explica.

FUTEBOL

Afinal, o VAR traz justiça pro brasileirão?

Implementado este ano na competição, recurso ainda causa controvérsias no meio esportivo Por Caio Marco e Victor Fonseca Desde que se tornou popular mundialmente, o futebol sempre foi marcado por polêmicas, especialmente com relação à arbitragem. Pênaltis decisivos não marcados (ou pênaltis mal marcados), gols de mão, impedimentos, dentre outras controvérsias se mantêm na pauta […]

Caio Marco, Victor Fonseca - 13 de novembro de 2019

Desconectados

Status: Desconectado

Em tempos de relações on-line, jovens baianos andam na contramão e defendem que a boa conexão está fora da tela Por Carlos Magno e Thídila Salim Com um misto de funcionalidades, os smartphones se tornaram peças indispensáveis na vida de muita gente por todo o mundo, seja para auxiliar no trabalho ou para puro lazer. […]

Carlos Magno, Thídila Salim - 13 de novembro de 2019

Futebol feminino

A bola está com elas

Beatriz Rosentina, Elias Santana Malê, Ingrid Medina e Larissa Travassos 13 de novembro de 2019 A bola está no campo e quem veio jogar foram elas, as mulheres, que cada vez mais ganham visibilidade a partir das iniciativas para esta modalidade. Com uma história marcada por mais de 40 anos de proibição da prática no Brasil, a […]

Beatriz, Elias, Ingrid, Larissa - 13 de novembro de 2019

Saúde mental

Saúde mental e vida universitária: Seria a universidade um ambiente tóxico?

Foto: Marcelo Camargo Danilo Gois e Iuri Petitinga O sonho de ingressar em uma universidade pública é algo que acompanha quase todos os estudantes de ensino médio no Brasil. Muitos destes alunos não imaginam que a pressão do período pré-vestibular não para após o ingresso em um curso superior e uma parte destes alunos não consegue […]

Danilo Rodrigues e Fernando Iuri Petitinga - 18 de novembro de 2019

Algodão

Crescimento de 17% na safra de Algodão da Bahia assegura o estado como 2º exportador mundial

Região é explorada desde os anos 1980, marcada pela presença de “baiúchos” Ellen Chaves, Fernando Franco, Welldon Peixoto e Pedro Oliveira Foto: Welldon Peixoto O ano de 2019 já aponta 17% de aumento na safra de algodão no cenário baiano, segunda maior cultura da região. O oeste é responsável pela maior parte da produção do […]

Ellen Chaves, Fernando Franco, Welldon Peixoto - 18 de novembro de 2019

Consumo cultural

Popular para quem? Por trás da dinâmica do consumo cultural em Salvador

Apesar de uma vasta programação cultural e artística,  parte da população de Salvador não frequenta esses eventos  Lizandra Santana, Luciano Marins e Luana Gama Salvador é uma cidade que respira cultura. Por quase todos os cantos encontramos espaços culturais com uma programação diversificada, além de festivais realizados ao longo do ano. Ao mesmo tempo, parte […]

Lizandra Santana, Luciano Marins e Luana Gama - 13 de novembro de 2019