Tags:,

Companhias de dança da Bahia desenvolvem diversas linguagens artísticas

- 12 de julho de 2011

As manifestações culturais ganhando visibilidade, nos anos 80, surgem vários grupos de dança na Bahia

 

Por Cristiani Cardozo

 

 

Na década de 80, a diversidade da dança no Brasil ganhava visibilidade, amparada por grupos que exibiam, em suas pesquisas corporais e cênicas, o cruzamento de linguagens artísticas e a interface com outras áreas de conhecimento. Nesse momento, surgem o Balé Teatro Castro Alves (BTCA), a Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia, o Balé Folclórico da Bahia e, mais tarde, em 1998, é criada a Viladança, companhia de dança do Teatro Vila Velha.  Conheça mais sobre as principais companhias de dança do estado a seguir:

 

Foto: Isabel Gouvea

– Balé Teatro Castro Alves (BTCA)- É a quinta companhia oficial de dança do Brasil. Formada em 1981, seu preparo técnico está baseado na técnica do balé clássico. Em comemoração pelos seus 30 anos, o BTCA está realizando apresentações pelo interior da Bahia dos espetáculos “A quem possa interessar”, com atuação do coreógrafo Henrique Rodovalho, e “1POR1PRAUM”, com supervisão coreográfica de Renata Melo.

Jorge Vermelho, diretor do BTCA, diz que o diferencial com relação a outras companhias de dança está em trabalhar com bailarinos entre 35 e 60 anos. “O grande diferencial é trabalhar com corpos maduros. É a única companhia oficial no Brasil com este perfil”, afirma.

Em parceria com a Orquestra Sinfônica da Bahia, a companhia estreou, em junho deste ano, a montagem do primeiro espetáculo infantil, “Pedro e o Lobo”, do compositor russo Sergei Prokofiev.  A narrativa gira em torno de Pedro, um menino muito bom, que estava cansado de ver suas ovelhas serem mortas pelo lobo mau. Enfurecido e contra a vontade de seu avô, o menino vai à caça do lobo com sua espingarda de rolha. Ele tem a companhia de seu gato Ivan, sua pata Sônia, e a passarinha Sasha, que são seus grandes amigos. Cada personagem da história é representada por um instrumento diferente ou por um conjunto de instrumentos que compõem a orquestra: Pedro (instrumentos de corda); Lobo (trompas); Avô (fagote); Pássaro (flauta); Pato (oboé); Gato (clarinete); Caçadores (tímpanos). Para este segundo semestre, está prevista a estréia de “A Tempestade”, em parceria com o diretor Luiz Alberto Alonso e uma co-produção com a Bélgica, tendo 120 pessoas no elenco, entre bailarinos e músicos.

 

Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb)- Implantada em 1984, foi a primeira do gênero no país na introdução de cursos básicos e de Educação Profissional de Nível Técnico de Dança. Já os cursos de Educação Profissional Técnico de Nível Médio, com formação em Dançarino e Coreógrafo, os preparatórios, com aulas de Balé, Dança moderna e Dança regional popular, para crianças e adolescentes, são destinados à faixa etária de 05 a 15 anos.  A escola também oferece cursos livres nas modalidades: Afro-brasileiro e Afro-contemporâneo, Ballet clássico, Dança moderna, Suingue baiano, Dança do ventre, Dança de salão, Pilates, Jazz, Salsa e Cubano, além de Técnica Silvestre em Dança, todos gratuitos (cobra-se apenas a taxa de inscrição e de renovação de matrícula). Atualmente, a Escola de Dança da Funceb prepara 1.500 alunos, com aulas nos turnos matutino, vespertino e noturno.

O projeto Quarta que Dança, promovido pela Funceb, surgiu em 1998 e proporcionou a montagem de mais de 150 apresentações de variados grupos e propostas artísticas. O projeto visa estimular a pesquisa e a produção coreográfica na Bahia. Até o dia 1º de agosto, estão abertas as inscrições para a 13ª edição do Quarta que Dança. Serão selecionados de 15 trabalhos, com temática livre, em quatro formatos (espetáculos, intervenções urbanas, dança de rua e trabalhos em processo de criação), que representarão o panorama contemporâneo da diversidade da dança no estado.

 

Foto>: Marisa Viana

Balé Folclórico da Bahia – Criado em 1988 por Walson Botelho e Ninho Reis, sob a direção artística de José Carlos Santos (Zebrinha) desde 1993, o Balé Folclórico da Bahia funciona em regime integral de seis horas de trabalho por dia. A companhia possui 38 integrantes – entre dançarinos, músicos e cantores – que recebem as mais variadas orientações em técnicas de dança, música e teatro. O balé desenvolveu uma linguagem cênica que parte dos aspectos populares da cultura baiana, abordando temas da contemporaneidade e da realidade nacional. A companhia realiza vinte apresentações por mês, tanto no país como no exterior.  “O balé se propõe a formar artistas que possuam um senso crítico, em relação a si mesmos e a sociedade em que vivem e que saibam qual a sua função política no mundo, que percebam a necessidade e a obrigação de preservação das culturas afro-brasileiras”, afirma Zebrinha (José Carlos Santos), diretor artístico do Balé Folclórico da Bahia.

 

Foto: Marcelo Zamora- VivaDança 2011

– Núcleo Viladança- Criado em abril de 1998 pela coreógrafa e diretora artística Cristina Castro, o Viladança é o núcleo de dança do Teatro Vila Velha. Tem como proposta a comunhão entre diversas linguagens artísticas e a verificação da dinâmica cultural em uma perspectiva contemporânea. Com 11 espetáculos no repertório, o Viladança já se apresentou em 15 estados das cinco regiões do país. Fora do Brasil, o grupo esteve duas vezes na Alemanha.  A companhia de dança do Teatro Vila Velha promove, anualmente, um dos maiores festivais de dança do país, o VivaDança, idealizado por Cristina Castro. O evento acontece sempre no mês de abril, quando se comemora o Dia Internacional da Dança, instituído pela Unesco como sendo o dia 29. Costuma reunir companhias de dança de vários países e, durante todo o mês de abril, realiza oficinas, workshops, palestras, shows, mostras e bate-papos, trazendo artistas e mestres da dança como convidados. Em 2011, o VivaDança completou cinco anos. Outro projeto da companhia é o “Da Ponta da Língua à Ponta do Pé”, que conta a história da dança para o público infanto-juvenil e já contemplou mais de 50.000 crianças de escolas públicas, grupos da periferia e cidades do interior do estado. Até o final de 2011, serão realizadas mais seis apresentações do espetáculo. Em parceria com a Petrobrás, o Viladança lançará, ainda este ano, o site da companhia, livro fotográfico, em comemoração aos seus 13 anos e realizá o projeto Encontro de Investigação Coreográfica (EIC), no qual será produzido o painel coreográfico para a escolha de seis novos jovens coreógrafos.

 

Continue lendo:

Profissionais de dança podem atuar em várias áreas

Dança ganha destaque no cenário cultural baiano

UFBA possui a graduação em Dança mais antiga do país

 

Especial

Guerra da Água

No cerrado baiano, o agronegócio impacta a sobrevivência das comunidades tradicionais. A reportagem em áudio conta como a população de Correntina, no oeste da Bahia, tem sofrido ameaças e resistido à disputa por água em seu te Dê play e saiba mais sobre essa história. Material produzido a partir da proposta de pauta vencedora da […]

Leonardo Lima e Luísa Carvalho - 13 de dezembro de 2021

Editorial

Investigação participativa: reportagens que colocam o leitor no centro da história

Profa. Lívia Vieira As 13 reportagens multimídia feitas pela turma de Oficina de Jornalismo Digital em 2021.2 tiveram como base o conceito de investigação participativa. O termo, que em inglês é conhecido como engagement reporting, foi discutido em uma aula especial que tivemos com Giulia Afiune, editora de Audiências da Agência Pública. Na ocasião, Giulia […]

Profa. Lívia Vieira - 2 de dezembro de 2021


Racismo religioso

Salvador ainda é um ambiente inseguro para os praticantes de religiões afro

Dentro de casa ou no trabalho, praticantes de religiões de matrizes africanas relatam dificuldades na tentativa de exercer seu direito ao culto religioso. Expressões depreciativas, ataques a terreiros, xingamentos e até agressões. É assim que o racismo religioso se traveste de “opinião” em diversas partes do Brasil – incluindo Salvador, – uma das cidades mais […]

Josivan Vieira e Gabriele Santana - 1 de dezembro de 2021

Meio Ambiente

Salvador, primeira cidade planejada do Brasil, sofre com falta de infraestrutura

Habitantes de Salvador relatam problemas dos bairros onde vivem e denunciam falta de assistência do poder público. Os moradores de Salvador têm orgulho de dizer que vivem na primeira capital do Brasil. De propagandas até conversas em mesa de bar, soteropolitanos e pessoas que adotaram a cidade do axé e do dendê se gabam de […]

Brenda Roberta, Inara Almeida e Maysa Polcri - 1 de dezembro de 2021

Direito ao transporte

Assaltos a ônibus assustam população de Salvador

Cidadãos que dependem do transporte público relatam a experiência de insegurança cotidiana, embora Secretaria de Segurança Pública afirme que houve redução no número de assaltos a ônibus. Por Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar Oliveira Os assaltos a ônibus são uma constante e assustam a população de Salvador que depende do transporte público para seguir […]

Gilberto Barbosa, Leonardo Oliveira e Cesar O. - 1 de dezembro de 2021

Direito à Cultura

Consumo de livros digitais aumenta e obras físicas têm baixa durante pandemia de Covid-19

Especialistas explicam que pandemia impulsionou mudança em formato de leitura. Por Adele Robichez, Felipe Aguiar, Nathália Amorim, Vinícius Harfush Um levantamento realizado pela reportagem em Salvador indicou que as pessoas passaram a consumir mais livros no formato digital durante a pandemia de covid-19. Segundo a pesquisa, que selecionou 68 moradores da capital para responder perguntas […]

Adele R, Felipe A, Nathália A, Vinícius H - 1 de dezembro de 2021

Economia criativa

Os desafios de viver de arte durante a pandemia

Assim como nós humanos, a economia foi imensamente impactada pelo distanciamento social, mas, felizmente, uma possível vacina para curar o problema já existe, e se chama criatividade. Não é exagero afirmar que nenhum brasileiro e nenhuma brasileira escapou ileso dos diversos e inesperados desafios vividos nos anos de 2020 e 2021. E eles têm um […]

Paulo Marques - 1 de dezembro de 2021

Direito à religião

Comunidades de matriz africana lutam por prática religiosa em espaços públicos de Salvador

Intervenções em locais comunitários preocupam terreiros que dependem da vegetação natural para exercer cultos Por Geovana Oliveira, Luana Lisboa, Victor Hugo Meneses e João Marcelo Bispo Até hoje, a vodunsi Mãe Cacau se emociona ao falar sobre o início das obras para a Estação Elevatória de Esgoto na Lagoa do Abaeté. Quando as máquinas chegaram […]

Geovana, Luana, Victor Hugo e João Marcelo - 1 de dezembro de 2021

Ordem de despejo

O caso da comunidade do Tororó, em Salvador, e a violação do direito à moradia

Moradores recebem ordem de despejo da localidade que está sendo especulada para construção de um estacionamento de um novo Shopping Center “Como os moradores são quase todos do mercado informal, a prefeitura ligava para eles e oferecia dinheiro. Como estavam todos sem dinheiro, começaram a negociar com a prefeitura. Nisso, com quem já tinha negociado, […]

Álene Rios, Júlia Lobo e Thainara Oliveira - 1 de dezembro de 2021

Cinema de rua

Histórias de quem viveu o cinema de rua de Salvador

Entenda o que aconteceu entre a época de ouro do cinema de rua e a expansão das grandes redes Tomar um café enquanto espera o horário do filme, entrar numa sala de cinema pequena, com menos de 100 lugares, para assistir a uma produção nacional. Esse ritual, muito comum até a década de 1990, é […]

Carol Cerqueira, Catarina Carvalho e Maria Andrade - 1 de dezembro de 2021

Direito à mobilidade

Pessoas com deficiência denunciam falta de acesso ao transporte de Salvador

Falta de fiscalização afeta funcionamento de elevadores em coletivos. Gabrielle Medrado, Gustavo Arcoverde, Marcela Villar e Rafaela Dultra Cadeirante desde 2014 após uma tentativa de assalto, o baiano Luan Veloso, 32, é paracanoísta profissional e terceiro colocado no ranking dos melhores do Brasil na maratona de sua categoria, a KL1, na qual atletas utilizam como […]

Gabrielle Medrado,Gustavo Arcoverde,Marcela Villar - 1 de dezembro de 2021

RAP em Salvador

O ritmo não para: batalhas de rima movimentam a cultura nas comunidades

Batalhas de rap voltam a acontecer em Salvador após suspensão causada pela pandemia de Covid-19 Após quase um ano e meio da pandemia de Covid-19, o setor artístico e cultural soteropolitano começou a tomar fôlego com a última fase de retomada das atividades econômicas, decretada pela prefeitura da capital baiana no dia 9 de julho […]

Danielle Campos, Kamille Martinho, Renata Falcone - 1 de dezembro de 2021

Direito à Segurânça

Não vá que é barril: A violência contra motoristas de aplicativo em Salvador

“Foi quando ele pegou a arma e apontou na minha cara, aí foi complicado”. Estamos na rua Candinho Fernandes, Fazenda Grande do Retiro, Salvador. São 8h30 da noite do dia 23 de dezembro de 2019, perto da véspera de Natal. Anselmo Cerqueira, que é motorista por aplicativo, está com o carro estacionado. Dois homens se […]

Adriano Motta, Lula Bonfim e Victor Lucca Ferreira - 1 de dezembro de 2021

Gerar problemas não é saudável

Consumidores relatam transtornos e dificuldades com planos de saúde

Mensalidades  subiram  quase 50% este ano, conforme aponta um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) Por Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama No dia 25 de Março, Maria*, grávida de cinco meses, precisou ser encaminhada às pressas para o Hospital Santo Amaro. Ao chegar lá, precisou realizar uma cesária de […]

Andressa Franco, Everton Ruan e Laisa Gama - 1 de dezembro de 2021